PGR pede ao STF abertura de inquérito contra Ricardo Salles

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

PGR pede ao STF abertura de inquérito contra Ricardo Salles

Ministro do Meio Ambiente é acusado de obstruir investigação ambiental e favorecer madeireiros investigados pela Polícia Federal

01.06.2021

Rayssa Motta e Fausto Macedo
Fonte: Portal Terra
Adaptações: Alexandre Torres
Guará News
A Procuradoria Geral da República (PGR) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) nesta sexta-feira, 31, um pedido de abertura de inquérito para investigar o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o senador Telmário Mota. A relatora do caso é a ministra Cármen Lúcia.
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles
22/04/2021
REUTERS/Ueslei Marcelino
Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles 22/04/2021 REUTERS/Ueslei Marcelino

Foto: Reuters

O pedido, assinado pelo vice-procurador-geral da República Humberto, Jacques de Medeiros, teve origem da notícia-crime apresentada pelo delegado Alexandre Saraiva, ex-chefe da Polícia Federal no Amazonas, que foi exonerado do cargo após acusar Salles de obstruir investigação ambiental e favorecer madeireiros investigados pela corporação.

“Indicaram-se, naqueles autos, diversos episódios de atuação desses servidores em descompasso com as recomendações técnicas, com o objetivo de promover a regularização de cargas exportadas irregularmente e apreendidas pelas autoridades norte-americanas. Tal cenário evidencia, de forma ampla, a necessidade de aprofundamento investigativo dos fatos”, diz um trecho do despacho.

No pedido enviado ao Supremo, a PGR pediu autorização para convocar depoimentos do ministro, de proprietários rurais e de agentes de fiscalização do Ibama e da Polícia Federal relacionados à Operação Handroanthus. Também quer sinal verde para acessar a cópia dos procedimentos de fiscalização e investigação da operação.

 

Você também pode querer ler