No DF evento discute retomada do turismo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

O setor foi um dos mais atingidos pela pandemia e o objetivo do encontro é pensar saídas alternativas para garantir empregos na área

AGÊNCIA BRASÍLIA* | EDIÇÃO: MÔNICA PEDROSO
Adaptações: Alexandre Torres
Guará News

A secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, participou da abertura do 1º Fórum das Capitais, que contou com a presença de 53 secretários e dirigentes municipais de Turismo. A abertura do evento, organizado pela Associação Nacional  de Secretários e Dirigentes de Turismo (Anseditur), foi realizada nesta segunda-feira (31), no auditório do Ministério do Turismo, em Brasília, e contou também com a presença do presidente da Anseditur, Ângelo Sanches, do secretário-executivo adjunto substituto do Ministério do Turismo (Mtur), Marcos José Pereira, e do chefe da Assessoria Especial de Assuntos Parlamentares e Federativos do MTur, Bob Santos.

Secretários de Turismo procuram a retomada do setor de forma segura e sustentável | Foto: Divulgação/Setur

Na abertura do evento, foi destacada a importância da troca de experiências e conhecimentos para se planejar a retomada das atividades do setor de Turismo e Eventos sob um novo olhar, acatando todos os protocolos de segurança sanitária em função da pandemia da covid-19.

“É tempo de ação e coragem. O Brasil é o país do futuro, mas precisamos decidir que esse futuro precisa ser amanhã e as decisões precisam começar hoje”, destacou Vanessa Mendonça, que também é diretora da Anseditur, sobre a necessidade imediata de enfrentamento das dificuldades impostas ao setor.

A secretária Vanessa Mendonça relatou também as dificuldades encontradas quando assumiu a pasta e ações que levaram Brasília a se tornar hoje um case de sucesso. “O nosso governador Ibaneis Rocha nos deu uma missão: servir cada cidadão do Distrito Federal. É esse lema que nos move. As dificuldades que os senhores estão tendo hoje, em função do momento, nós tivemos quando assumimos o governo.  Encontramos os equipamentos públicos de turismo abandonados”, disse.

“Vamos mudar o jeito de se fazer turismo no Brasil”Ângelo Sanches, presidente da Anseditur

Novo jeito de fazer turismo

Ângelo Sanches iniciou a fala dizendo que Brasília recebeu o evento de braços abertos e avaliou que o encontro vai permitir que todos os presentes deixem um legado, pois o setor está unido para ser um dos primeiros a retomar as atividades pós pandemia.

“Turismo é cuidar das pessoas e estamos sendo muito bem cuidados aqui”, afirmou Sanches. “Vamos mudar o jeito de se fazer turismo no Brasil. Fazer do Brasil um destino único, fazer com que o brasileiro cada vez mais conheça o seu país e fazer com que o estrangeiro bata palmas para o nosso Brasil”, completou.

O Ministro do Turismo, Gilson Machado, citou a interação e parceria crescentes entre o ministério e as cidades, uma vez que é nelas que tudo acontece. “Nós precisamos começar a ter orgulho do nosso país, pois o melhor negócio pós-pandemia vai ser o turismo, e o Brasil vai ser colocado em primeiro lugar nesse processo. Para isso, nossa gestão tem olhado para o trade, que gera emprego e renda”, afirmou o ministro.

O fórum

O 1º Fórum das Capitais segue até quarta-feira (2) com extensa programação. Nesta terça, os  participantes vão conhecer o case da Secretaria de Turismo do DF, a gestão e as conquistas que colocam a pasta como uma das mais inovadoras e eficientes de todo o país. Estão previstas reuniões com representantes do Ministério do Turismo, da Embratur, e parlamentares do Congresso Nacional.

Para quarta-feira, reuniões com o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, e com os presidentes das comissões de Turismo do Senado, senador Fernando Collor, de Alagoas; e da Câmara Federal, deputado Bibo Nunes, do Rio Grande do Sul.

O 1º Fórum das Capitais é organizado pela Associação Nacional de Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (Anseditur) e conta com a participação de 53 secretários e dirigentes de Turismo, entre os mais de 5 mil de todo o país. A Secretaria de Turismo do DF participou da reunião no Ministério do Turismo como convidada e cidade anfitriã.

Para a realização do evento estão sendo tomados todos os cuidados necessários e recomendados, como distanciamento, espaçamento entre as cadeiras no auditório, que teve sua capacidade de utilização reduzida, além do uso de álcool gel e de máscaras.

 

*Com informações da Secretaria de Turismo

Você também pode querer ler