Mais mortes e mais infectados. Números continuam altos, Ceilândia dispara confira

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Por G1 DF

 


Leitos de UTI no DF — Foto: TV Globo / Reprodução

Leitos de UTI no DF — Foto: TV Globo / Reprodução

O Distrito Federal confirmou mais 45 mortes e 1.361 novos casos de Covid-19neste domingo (11). O total de óbitos chega a 6.754, e os infectados somam 359.122, segundo dados da Secretaria de Saúde (SES-DF). Ceilândia, a região mais afetada pela pandemia na capital, ultrapassou a marca de 1,1 mil vítimas (veja mais abaixo).

De acordo com o monitoramento da pasta, o número de novos infectados é 13% maior que o registrado no sábado (10), quando houve 1.203 casos. Na mesma comparação, o número de óbitos subiu 36% – foram 33 mortes no boletim anterior.

Até as 16h10 deste domingo, a ocupação de leitos em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) na rede pública, por pacientes com Covid-19, era de 95,6%. Já na rede particular, 99,5% das vagas estavam em uso.

A SES-DF considera que 340.131 pessoas estão recuperadas, o que representa 94,7% dos diagnosticados.

Perfil das vítimas

 

Entre as vítimas da pandemia confirmadas até este domingo, 6.196 eram moradoras do Distrito Federal. As 558 restantes vieram de outras unidades da federação para buscar atendimento, principalmente do Entorno do DF.

Das mortes confirmadas no boletim mais recente, 30 ocorreram no sábado (10). Veja abaixo:

  • 19 de março: 1
  • 23 de março: 1
  • 8 de abril: 1
  • 9 de abril: 4
  • 10 de abril: 30
  • 11 de abril: 8

 

Residência*

  • Brazlândia: 1
  • Ceilândia: 8
  • Gama: 3
  • Guará: 3
  • Núcleo Bandeirante: 1
  • Paranoá: 1
  • Planaltina: 2
  • Plano Piloto: 1
  • Riacho Fundo: 1
  • Riacho Fundo II: 1
  • Samambaia: 4
  • Santa Maria: 3
  • São Sebastião: 2
  • Sobradinho II: 2
  • Taguatinga: 3
  • Vicente Pires: 2

 

* Seis vítimas eram moradoras de Goiás e uma, da Bahia.

Faixa etária

  • 30 a 39 anos: 3
  • 40 a 49 anos: 12
  • 50 a 59 anos: 5
  • 60 a 69 anos: 16
  • 70 a 79 anos: 6
  • 80 anos ou mais: 3

 

Leitos de UTI

 

Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 do Hospital Regional de Samambaia no DF — Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para pacientes com Covid-19 do Hospital Regional de Samambaia no DF — Foto: Breno Esaki/Agência Saúde DF

Até às 16h10 deste domingo, dado mais recente disponibilizado pela Secretaria de Saúde, a ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) reservados para casos da Covid-19 na rede pública estava em 95,6%.

Do total de 450 vagas, 412 estavam ocupadas, 19 disponíveis, e 19 aguardavam liberação. Os números incluem leitos neonatais, pediátricos e adultos.

Na rede privada, 99,5% dos leitos reservados para infectados tinham pacientes. Do total de 444 leitos, 402 estavam em uso, um vago e 41 bloqueados.

Números por região

 

Ceilândia é a região com maior número de casos e mortes pela Covid-19 no DF. No boletim deste domingo, a Secretaria de Saúde afirma que há 39.085 infectados pela doença e 1.102 óbitos.

Em seguida, está o Plano Piloto, com 34.316 infectados, e Taguatinga, que soma 28.754 notificações da Covid-19.

Números da Covid-19 no Distrito Federal, em 11 de abril de 2021 — Foto: SES-DF/Reprodução

Números da Covid-19 no Distrito Federal, em 11 de abril de 2021 — Foto: SES-DF/Reprodução

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler