Governador Ibaneis determina reabertura do comércio na capital federal nesta segunda feira

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Por Walder Galvão, G1 DF

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News


Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, durante reunião no Palácio do Buriti, em imagem de arquivo — Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, durante reunião no Palácio do Buriti, em imagem de arquivo — Foto: Renato Alves / Agência Brasília

O governador Ibaneis Rocha (MDB) confirmou ao G1 que serviços não essenciais fechados na capital voltarão a funcionar a partir desta segunda-feira (29). Setores como o do comércio, de bares e restaurantes estavam proibidos de receber clientes desde 28 de fevereiro, para conter a disseminação do novo coronavírus.

Os segmentos, no entanto, só podem funcionar em horários específicos (veja esquema de abertura abaixo), na tentativa de evitar aglomerações, principalmente no transporte público. O decreto com a liberação dos serviços foi publicado em 19 de março e, segundo o governador, será mantido.

Apesar da flexibilização, a medida mantém o toque de recolher na capital entre 22h e 5h. A regra está vigente desde 8 de março.

A reabertura, no entanto, ocorre em meio à lotação do serviço público e privado de saúde. Relatório da pasta, divulgado às 10h10 desta sexta-feira (26), mostra que restam apenas dois leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) para pacientes com a Covid-19 nos hospitais da rede.

Ao todo, a rede pública tem 430 leitos para pacientes com o novo coronavírus. Desses, 382 estão ocupados, 23 aguardando liberação, 15 bloqueados e 10 vagos. A taxa de ocupação de 97,45%. Além disso, há239 pessoas com suspeita ou confirmação da doença na lista de espera.

No sistema privado, são quatro leitos vagos para adultos. São 430 leitos, sendo que 419 estão ocupados e seis bloqueados. Há uma vaga pediátrica. A taxa de ocupação está em 99,05%.

Academias

 

Horário de funcionamento: 6h às 21h
Principais regras:

  • Fechamento duas vezes ao dia por pelo menos 30 minutos para limpeza geral e desinfecção dos ambientes.
  • Manter o distanciamento mínimo de um metro e meio entre os equipamentos.
  • Proibido o funcionamento dos bebedouros.
  • Uso de máscaras por todos os alunos e funcionários
  • Proibição de aulas coletivas que tenham contato físico e compartilhamento de equipamentos.
  • Restrição do número de alunos

 

Bares e restaurantes

 

Horário de funcionamento: 11h às 19h
Principais regras:

  • Disposição das mesas a uma distância de dois metros uma das outras, a contar das cadeiras que servem cada mesa.
  • Máximo de seis clientes por mesa.
  • Se possível, instalar uma barreira de acrílico no caixa.
  • Readequação dos espaços físicos, respeitando o limite de distanciamento.
  • Implementar medidas de controle de acesso ao estabelecimento para evitar grande fluxo e aglomeração de pessoas.
    Comércios fechados no DF Legal  — Foto: TV Globo/Reprodução

    Comércios fechados no DF Legal — Foto: TV Globo/Reprodução

    Comércio de rua

     

    Horário de funcionamento: 11h às 20h
    Regras incluem: lojas de calçados; lojas de roupas; serviços de corte e costura; armarinhos e lojas de tecido; atividades de lavanderias, tinturarias e toalheiros; empresas de tecnologia e lojas de equipamentos e suprimentos de informática; setor eletroeletrônico e setor moveleiro; óticas e papelarias.

    Salões de beleza, barbearias, esmalterias e centros estéticos

     

    Horário de funcionamento: 10h às 19h
    Principais regras:

    • Disposição das cadeiras de atendimento a uma distância de dois metros uma das outras.
    • Proibida a permanência de pessoas em cadeiras de espera dentro dos estabelecimentos.
    • Obrigatório o uso de máscaras tanto pelo prestador de serviço como pelo cliente, além de uso de protetor “face shield” por todos os trabalhadores.

     

    Padre recebendo fiéis por meio de atendimento drive-thru no DF — Foto: Reprodução TV Globo

    Padre recebendo fiéis por meio de atendimento drive-thru no DF — Foto: Reprodução TV Globo

    Cultos, missas e rituais

     

    Horário de funcionamento: sem horário pré-determinado
    Principais regras:

    • Nos cultos realizados nos estacionamentos das igrejas, templos e demais locais religiosos, as pessoas devem permanecer dentro dos veículos, devendo ser observada a distância mínima de metros entre cada veículo estacionado.
    • Medição da temperatura, mediante termômetro infravermelho sem contato, na entrada do estabelecimento religioso.

     

    Clubes recreativos

     

    Horário de funcionamento: 6h às 21h
    Principais regras:

    • Proibição do acesso à área de marinas.
    • Academias, bares e restaurantes instalados dentro de clubes funcionarão seguindo os protocolos específicos.
    • Proibição do uso de churrasqueiras, saunas e salões de festas.

     

    Supermercados

     

    Horário de funcionamento de acordo com alvará, respeitando toque de recolher.

    Shopping centers e centros comerciais

     

    Horário de funcionamento: 13h às 21h
    Principais regras:

    • Fica autorizado o funcionamento das áreas de recreação e lojas como brinquedotecas e de jogos eletrônicos.
    • As mesas e cadeiras das praças de alimentação dos shopping centers deverão obedecer a distância de dois metros entre elas.

     

    Pátio do Aeroporto de Brasília, em imagem de arquivo — Foto: Inframerica/Divulgação

    Pátio do Aeroporto de Brasília, em imagem de arquivo — Foto: Inframerica/Divulgação

    Agências de viagens:

     

    Horário de funcionamento: 10h às 19h

    Escolas, universidades e faculdades, da rede de ensino privada

     

    • Higienizar as cadeiras e mesas de uso coletivo regularmente.
    • Proibido o funcionamento dos bebedouros.
    • Priorizar reuniões e eventos a distância.
    • Escalonamento de horários de intervalo, refeições, saída e entrada de salas de aula, bem como de horários de utilização de ginásios, bibliotecas, pátios.
    • Testagem para Covid-19 dos profissionais da educação.
    • Atividades coletivas de cinema e teatro

       

      Horário de funcionamento: sem restrição
      Principais regras:

      • Funcionamento com o limite de 50% da capacidade.
      • Vendas de ingressos exclusivamente online.

       

      Eventos em estacionamento e drive-in

       

      Horário de funcionamento: sem restrição
      Principais regras:

      • Pessoas devem permanecer dentro de seus veículos ou ao seu lado, em vaga reservada, que deve possuir, no mínimo, 20 metros quadrados, garantindo o distanciamento social, em espaço fisicamente cercado, intercalando pessoas e veículos.
      • Proibir a circulação fora desta área cercada, exceto para utilização de banheiros.

       

      Outros

       

      Podem funcionar 24 horas:

      • Hospitais;
      • Clínicas médicas e veterinárias;
      • Farmácias;
      • Postos de gasolina;
      • Funerárias.

Você também pode querer ler