2.489 doses de vacina para idosos de 66 anos são disponibilizadas pelo GDF

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Para imunização de idosos, a Secretaria de Saúde aplicará doses inicialmente destinadas a profissionais de saúde

Carros formam fila para vacinação no Lago Norte
Rafaela Felicciano/Metrópoles
Secretaria de Saúde do Distrito Federal anunciou, na manhã deste sábado (3/4), o aumento de 1.111 para 3.600 no número das doses de vacina contra a Covid-19 destinadas para pessoas com 66 anos. A imunização desse público começou neste sábado, com grandes filas de carros, formadas desde o dia anterior.

Segundo a pasta, a ampliação ocorre em função de um ajuste interno: as vacinas que estavam em hospitais e ainda não foram utilizadas por profissionais de saúde agora serão aplicadas nas pessoas que têm a partir de 66 anos de idade. São 18 mil pessoas nesta faixa etária.

“A Secretaria de Saúde fez um esforço e conseguiu triplicar o número de doses ofertadas para aplicação da D1 [dose 1]. Pegamos todas as vacinas dos hospitais que ainda não tinham sido utilizadas e, com isso, disponibilizamos 1.200 doses em cada um dos três drive-thrus, totalizando 3.600 doses”, disse o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero.

O subsecretário afirmou que quem tomar a primeira dose terá a segunda aplicação garantida. Mas, para dar continuidade à vacinação e alcançar mais pessoas, o DF depende do envio de mais imunizantes pelo Ministério da Saúde.

Os drive-thrus vão funcionar até as 17h deste sábado, segundo Divino Valero. A partir das 14h, será feito um redimensionamento da fila, de acordo com a quantidade de doses que ainda restarem nos pontos de vacinação. A organização será feita com apoio da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e do Departamento de Trânsito (Detran).

Medo

A vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 66 anos no Distrito Federal começou na manhã deste sábado. São três pontos de imunização drive-thru. Na unidade instalada na Faculdade Unieuro de Águas Claras, teve gente que chegou por volta das 18h de sexta-feira (2/4) e dormiu na fila. O motivo é a preocupação de que não haja doses suficientes para todos.

Funcionários responsáveis pela aplicação do imunizante começaram a vacinação por volta de 9h. Desde então, a fila tem andado rápido e, para fiscalização da entrada, conta com agentes do Detran. Além da Unieuro, as pessoas podem receber a vacina, das 9h às 17h, no Estacionamento 13, do Parque da Cidade, e no Shopping Iguatemi, onde há filas quilométricas desde a madrugada.

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

 

Você também pode querer ler