Home / Cidades / PM apreende 9 celulares que seriam jogados para dentro de presídio do regime semiaberto no DF
Últimas Notícias

PM apreende 9 celulares que seriam jogados para dentro de presídio do regime semiaberto no DF

Por G1 DF

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Celulares e chips apreendidos pela PMDF que, segundo corporação, seriam jogados para dentro de presídio — Foto: PMDF/ Divulgação

Celulares e chips apreendidos pela PMDF que, segundo corporação, seriam jogados para dentro de presídio — Foto: PMDF/ Divulgação

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) apreendeu, durante a madrugada deste sábado (20), nove celulares e sete chips para telefone que, segundo a corporação, seriam arremessados para dentro do Centro de Progressão Penitenciária (CPP). No local, na região do SIA, ficam os presos do sexo masculino que cumprem pena em regime semiaberto.

De acordo com os militares do Grupo Tático Operacional do 15º Batalhão (Gtop 35), “a PM recebeu informações de que, há vários dias, pessoas suspeitas estariam tentando arremessar matérias para dentro do CPP”. Em função da denúncia, uma equipe monitorava o prédio.

Entrada do CPP em Brasília, no SIA — Foto: Google/Reprodução

Entrada do CPP em Brasília, no SIA — Foto: Google/Reprodução

Celulares e chips apreendidos pela PMDF que, segundo corporação, seriam jogados para dentro de presídio — Foto: PMDF/ Divulgação

Celulares e chips apreendidos pela PMDF que, segundo corporação, seriam jogados para dentro de presídio — Foto: PMDF/ Divulgação

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) apreendeu, durante a madrugada deste sábado (20), nove celulares e sete chips para telefone que, segundo a corporação, seriam arremessados para dentro do Centro de Progressão Penitenciária (CPP). No local, na região do SIA, ficam os presos do sexo masculino que cumprem pena em regime semiaberto.

De acordo com os militares do Grupo Tático Operacional do 15º Batalhão (Gtop 35), “a PM recebeu informações de que, há vários dias, pessoas suspeitas estariam tentando arremessar matérias para dentro do CPP”. Em função da denúncia, uma equipe monitorava o prédio.

Entrada do CPP em Brasília, no SIA — Foto: Google/Reprodução

Entrada do CPP em Brasília, no SIA — Foto: Google/Reprodução

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*