Home / Cidades / Força tarefa para arrumar a cidade. Coordenação de obras dará agilidade e integração às ações no DF
Últimas Notícias

Força tarefa para arrumar a cidade. Coordenação de obras dará agilidade e integração às ações no DF

Coordenação de obras dará agilidade e integração às ações no DF

Secretaria de Obras, Novacap, CEB, Caesb, Terracap e SLU compõem unidade que vai gerenciar reparos e serviços na capital federal

IAN FERRAZ, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: CHICO NETO
Adaptações: Alexandre Torres
Guará News
Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Integração e bom andamento no fluxo de obras. Essas são duas metas fundamentais que levaram o Governo do Distrito Federal a criar um grupo envolvendo Secretaria de Obras, Novacap, CEB, Caesb, Terracap e SLU para coordenar as ações na capital. A medida foi publicada na edição desta sexta-feira (3) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

Estruturada dentro da Secretaria de Obras, a coordenação do grupo tem como objetivo promover maior integração entre os órgãos, evitar atuações individualizadas, dar maior efetividade a quem é responsável por cada serviço e etapa e acelerar os trabalhos em cada obra. Ou seja, visa à ampliação da comunicação entre os responsáveis pelos reparos.

A criação do grupo partiu de uma ideia do governador Ibaneis Rocha, que, durante diversas visitas às cidades do DF, percebeu que a integração e a unidade entre secretarias e órgãos é o melhor caminho. Nos últimos dias, o chefe do Executivo tem percorrido as  regiões administrativas (RAs) para ver de perto as necessidades de reparos e estar mais próximo à população.

Composição e atribuições

O grupo será composto por um membro de cada um dos órgãos envolvidos, a ser indicado nos próximos dez dias, cabendo ao titular da Novacap a presidência. Representantes de outros órgãos poderão ser convidados para os trabalhos. Não haverá remuneração extra para os membros do grupo.

Veja, abaixo, os principais objetivos do grupo recém-criado.

  • Coordenar as atividades relativas às obras a serem executadas no Distrito Federal
  • Promover  maior integração entre os órgãos participantes
  • Dar efetividade à incumbência definida na realização das obras
  • Evitar a atuação individual de cada órgão em descompasso com a dos demais responsáveis pelas obras
  • Diminuir o tempo de execução das obras a partir de um fluxo coordenado dos órgãos responsáveis pela execução de cada trabalho.

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*