Mais um dia com problemas no Metrô. Restrições no funcionamento deixam situação caótica no transporte público

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Mais um dia com problemas no Metrô. Restrições no funcionamento deixam situação caótica no transporte público

O brasiliense que depende do metrô vai enfrentar lentidão e atrasos na circulação dos trens. Os técnicos da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) não conseguiram corrigir a falha em um equipamento do Sistema de Sinalização. Com isso, a velocidade dos trens entre as estações 108 Sul e Asa Sul caiu de 80km/h para 20km/h.
Por volta das 16h30, havia 15 trens em circulação. Até as 17h30, serão 22, por conta do período de férias escolares. O normal são 24. Para tentar amenizar os transtornos para os usuários, o Metrô informou, em nota, que solicitou à Secretaria de Transporte e Mobilidade do Distrito Federal (Semob-DF) “o reforço nas linhas de ônibus que cobrem as regiões de Ceilândia e Samambaia durante o horário de pico do Metrô-DF”.
A expectativa da empresa é que a falha seja corrigida na madrugada desta terça-feira (17/12). No começo da manhã de hoje (16/12), o Metrô chegou a postar no Twitter, que a falha havia sido sanada. Porém, os reparos no Posto de Controle de Tráfego (PCT) da Estação 110 Sul, equipamento que apresentou o problema, não foram suficientes para o sistema funcionar 100%
.
Na estação Guará a lotação dos trens e o acúmulo de usuários do sistema de transporte do Metrô sofrem com o problema.
A companhia divulgou nota em que “lamenta pelos transtornos causados pela redução da velocidade dos trens nesse trecho da linha, mas reforçamos que a segurança de nossos usuários vem em primeiro lugar. Agradecemos a todos pela compreensão”.

Filas

Nas primeiras horas do dia, algumas estações ficaram lotadas. Os usuários usaram as redes sociais para falar da insatisfação. O atraso na circulação dos trens fez com que longas filas se formassem em diferentes estações.
Procurada pela reportagem, a Secretaria de Transporte e Mobilidade informou que, por conta das falhas de circulação do Metrô, a frota será reforçada.
Adaptações: Alexandre Torres
Guará News

Você também pode querer ler