Chuva e desespero! DF registra ventos, apagão, chuva de granizo e enxurrada

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

DF registra ventos, apagão, chuva de granizo e enxurrada

Sem energia, metrô para de funcionar. Telha que fazia contenção em viaduto de Taguatinga cai sobre carro

Hugo Barreto/Metrópoles
HUGO BARRETO/METRÓPOLES

Taguatinga e Vicente Pires registraram chuva de granizo na tarde desta quarta-feira (23/10/2019). O morador chega a encher a mão com os pedaços de gelo. A Defesa Civil e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) fizeram alertas de chuvas fortes. O fenômeno também foi flagrado pela reportagem do Metrópoles na EPTG. Da mesma forma, as tempestades fizeram a energia acabar em diversas partes de Águas Claras. E o Metrô-DF suspendeu a circulação dos trens.

No Guará tivemos chuva forte mas sem registros de acidentes ou situações de enchentes, mas lembrando sempre que temos que ter atenção redobrada no trânsito e com árvores que estão em estado crítico aonde podem desabar ou cair galhos provocando danos.

Em Águas Claras, diversos semáforos pararam de funcionar. Moradores da cidade também falam de falta de energia em vários prédios. Houve cinco casos de pessoas presas — mas logo liberadas — em elevadores. A capital federal chegou a ficar 114 dias em seca intensa.

Em Taguatinga Centro, parte da cerca de isolamento da obra no viaduto na entrada da cidade caiu. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), as telhas feitas de zinco cederam e atingiram um veículo que passava pelo local. Contudo, ninguém se feriu. Os objetos teriam se desprendido por causa do vento acompanhado pela chuva.

Segundo a Defesa Civil, uma vistoria ocorreu no local. “Não foi identificado risco estrutural. Não houve vítimas, somente danos materiais”, afirmou a subsecretaria.

O Metrô-DF informou, por meio do Twitter, que os trens pararam de funcionar pela falta de energia. “Atenção, usuários: neste momento, a circulação de trens está interrompida devido a problemas no fornecimento de energia da CEB. Algumas estações estão inoperantes. Lamentamos os transtornos e avisaremos tão logo o sistema seja restabelecido”, avisa o órgão. Os trens voltaram a rodar aos poucos, assim como as estações retornaram ao funcionamento normal.

De acordo com a assessoria de comunicação da CEB, houve uma descarga atmosférica, às 14h35, e isso afetou as redes de alta-tensão que alimentam a subestação Águas Claras. Segundo o órgão, 81.270 unidades consumidoras foram afetadas. Porém, às 15h20, o problema foi resolvido, e a energia, restabelecida. Sobre o metrô, a companhia não reconheceu a interrupção do serviço.

Enxurrada

Em Vicente Pires, um leitor mandou imagens de uma enxurrada na Rua 8.

Em mensagem da Defesa Civil, a subsecretaria pede cuidado à população. “Alerta de chuvas intensas. Não se abrigue debaixo de árvores. Em caso de risco, ligue 193 ou 199”, avisa o órgão.

Confira galeria de fotos das chuvas no DF:

Você também pode querer ler