Violência no Guará chegou para mostrar que nada está bem. Pichação em viatura leiloada ameaça polícia do DF: “1 sonho matar PM”

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Os índices de crescimento na criminalidade na cidade do Guará segundo as informações da secretaria de segurança pública estão caindo, mas não é o que verificamos em várias quadras da cidade aonde moradores e comerciantes  se sentem inseguros e vendo diariamente as ações da marginalidade se perpetuando no meio de moradores que convivem em horários diversos estas agressões a sociedade.

Apesar do trabalho intenso da PM do quarto batalhão e  e da polícia Civíl da quarta delegacia de policia do DF acontecem muitos atos de bandidos na cidade, as investigações continuam, nós aqui do Guará News recebemos sempre vários relatos de casos na QE 07, QE 40, QE 14, entre outros locais, são arrombamentos de estabelecimentos comerciais, roubo a mão armada e assaltos a estudantes, pedestres e trabalhadores.

Pichação em viatura leiloada ameaça polícia do DF: “1 sonho matar PM”

Também foram pichadas intimidações em casas e outros pontos do Guará. PM suspeita de retaliação de criminosos contra operações na região.

Reprodução/ WhatsappSalvarREPRODUÇÃO/ WHATSAPP

Ameaças de morte contra policiais militares do DF foram pichadas no Guará, nas vizinhanças entre a QE 08 e a QE 10, neste final de semana. As palavras de ódio foram deixadas também em uma viatura descaracterizada da corporação, vendida em leilão. No veículo, foi escrito: “1 sonho matar PM”.

Apesar de não ter números ou sinais de identificação, o veículo ainda mantém as cores tradicionais da polícia. Até a noite de sábado (15/06/2019), o carro estava estacionado na QE 10, perto da linha do trem. A imagem gerou medo e indignação entre os moradores da região.

Na manhã deste domingo (16/06/2019), o dono retirou o veículo da rua. Mas manifestações de ódio também foram deixadas em muro de uma casa na vizinhança. “Mate um PM”, sentenciaram pichadores ainda não identificados. As ameaças foram feitas também em outros pontos da região, até mesmo no chão.

PM tenta localizar a pessoa, ou as pessoas, responsáveis pelas ameaças. A corporação tem realizado várias prisões de traficantes no local. Por isso, os policiais suspeitam que os gestos são uma forma de retaliação dos criminosos pelo fato de terem seus “negócios” afetados.

A Polícia Militar emitiu nota sobre o caso. Leia na integra:

A PMDF tem conseguindo resultados significativos na apreensão e prisão de criminosos, além de tirar de circulação vários objetos ilícitos. Com isso, a PMDF tem contribuído na diminuição de crimes como tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, roubos, furtos, dentre outros. Vale lembrar que muitos desses criminosos, após suas prisões, acabam ameaçando os policiais de alguma forma. No caso específico deste carro, que não é mais uma viatura policial, pois foi adquirido em um leilão, será feito contato com o proprietário para que ele retire o veículo da rua ou mude as características dele. A PMDF esta trabalhando para identificar o autor ou autores.

com adaptações e texto: Alexandre Nunes Torres

Guará News

Você também pode querer ler