Todos contra a dengue. Ação de combate à dengue encontra acumulador.

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Ação de combate à dengue encontra acumulador

Vigilância solicitou retirada dos inservíveis e fez vistoria. Não foi encontrado foco

AGÊNCIA BRASÍLIA*

A Secretaria de Saúde encontrou, durante as ações de prevenção à dengue desta terça-feira (11), a primeira casa de um acumulador deste ano, um morador de Ceilândia Norte. Canos de PVC, pratos, latas, restos de peças de carro e móveis velhos estavam dentro e fora do terreno, com risco de possíveis focos do mosquito da dengue.

“O acompanhamento de acumuladores faz parte da nossa rotina. Desta vez, não foi encontrado nenhum foco do mosquito. Orientamos que o morador retirasse os inservíveis e ele tirou na tarde desta terça-feira. E sempre pedimos apoio de assistentes sociais, psicólogos e da administração regional, pois não basta que ele retire o material. Ele precisa entender que essa prática oferece risco à saúde dele e da vizinhança”, diz o diretor de Vigilância Ambiental, Edgar Rodrigues.

Leia também

Seleção de 600 agentes para combater a dengue começa nesta sexta

Mais de 700 homens em ação reforçada contra dengue

Governador convoca a população para combate ao mosquito da dengue

Segundo o subsecretário de Vigilância em Saúde, Divino Valero, um levantamento feito pela área apontou que, por região, existe uma média de 15 a 40 acumuladores de lixo.

Ações
Todas as regiões administrativas recebem, diariamente, ações de combate e prevenção à dengue. Aos finais de semana, a Secretaria de Saúde tem feito ações em massa em determinadas cidades. No próximo sábado (15), está prevista uma ação na Vila Planalto, Fercal, Sobradinho, Sobradinho II e Riacho Fundo, com a participação de 250 bombeiros.

Nos dois dias D de combate à dengue foram feitas 7.997 visitas, tendo sido trabalhados 5.071 imóveis e encontrados 59 focos. Das armadilhas instaladas, 576 deram positivo para larvas, 64 para pupa (estágio após larva) e 105 positivo para o mosquito.

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler