O tráfico de crianças está avançando no Mundo

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Um relatório da ONU publicado este ano revela que o tráfico de pessoas está avançando no mundo, com a exploração sexual das vítimas sendo a principal causa por trás do fenômeno.

Segundo o levantamento, que analisou dados de 142 países, as crianças representam 30% de todos os indivíduos traficados, com o número de meninas afetadas sendo bem maior que o de meninos.

O relatório aponta um crescimento consistente na quantidade de pessoas traficadas desde 2010. A Ásia e as Américas foram as duas regiões com o maior aumento de vítimas detectadas.

Segundo o relatório, em 2016, quase 25 mil pessoas foram traficadas no planeta. O sexo feminino representou 70% do total, com as meninas (crianças) representando 20% de todas as vítimas em nível mundial.

A exploração sexual continua sendo o principal objetivo do tráfico e responde por 59% do total dos casos. O trabalho forçado foi identificado em 34% das ocorrências.

Embora as crianças sejam em sua maioria vítimas do tráfico para trabalhos forçados (50%), muitas também são vítimas de exploração sexual (27%) e outras formas de exploração, como mendicância forçada, recrutamento em tropas e grupos armados e atividades criminosas forçadas.

As meninas foram vítimas de exploração sexual em 72% dos episódios analisados. Casos de trabalho forçado envolvendo as jovens menores de idade equivaliam a 21% do total.

Mulheres e meninas representam 75% das pessoas traficadas para exploração sexual e 35% dos indivíduos que estão  em situações de trabalho forçado.

Fonte : ONU (com adaptações Edição Guará News por Gisele Frazão)

Imagem : Guará News

Você também pode querer ler