João Gilberto é homenageado em show de Gal Costa na capital federal

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

‘Era Deus no céu e ele na Terra’, diz Gal Costa em homenagem a João Gilberto durante show em Brasília

Cantora interrompeu show para dedicar apresentação ao músico, a quem atribui grande inspiração e primeiros aprendizados da carreira.

Gal Costa — Foto: Marcos Hermes / DivulgaçãoGal Costa — Foto: Marcos Hermes / Divulgação

Gal Costa — Foto: Marcos Hermes / Divulgação

Horas após a morte de João Gilberto, precursor da bossa nova e um dos maiores compositores brasileiros, a cantora Gal Costa – que atribui a ele os primeiros aprendizados da carreira – subiu ao palco do Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília, para o show da turnê “A pele do futuro”.

Após quatro músicas, Gal fez uma pausa no repertório para homenagear o músico (veja vídeo abaixo). “Quero dedicar esse show a João Gilberto, meu mestre maior, grande mestre da minha vida.”

“Eu já nasci querendo cantar, já sabia que eu ia ser cantora, sabia que minha estrada seria essa, mas João me ensinou tudo. Quando ele apareceu na rádio cantando ‘Chega de saudade’, com aquele estranheza maravilhosa e aquela riqueza musical, totalmente moderna, me fascinou.”

“Comecei minha carreira cantando um estilo bem ‘João Gilbertiano’, influenciada pela bossa nova, passei pelos anos 60, na época da ditadura, pelo Tropicalismo. Já fiz clássicos, já fiz música experimental, já fiz rock.”

Após o discurso de homenagem, a cantora seguiu o show com a música “Viagem passageira”, de Gilberto Gil. O 40º disco de Gal gravado em estúdio traz composições de Moraes Moreira e Luiz Galvão, Djavan, Adriana Calcanhotto, Jorge Mautner e Marília Mendonça.

Pai da bossa

Capa do álbum 'João Gilberto', de 1961 — Foto: ReproduçãoCapa do álbum 'João Gilberto', de 1961 — Foto: Reprodução

Capa do álbum ‘João Gilberto’, de 1961 — Foto: Reprodução

João Gilberto Prado Pereira de Oliveira morreu neste sábado (6), aos 88 anos, dentro de casa, no Rio de Janeiro. Ele enfrentava problemas de saúde havia alguns anos. O músico deixou o filho João Marcelo Gilberto, que mora nos Estados Unidos, e as filhas Bebel e Luisa.

Precursor da bossa nova, João Gilberto concluiu em 1961 a trilogia de álbuns fundamentais que apresentaram o novo gênero musical ao mundo: “Chega de saudade” (1959), “O amor, o sorriso e a flor” (1960) e “João Gilberto”.

 

Biografia de João GilbertoJoão Gilberto (1931-2019) foi um cantor, compositor e violonista brasileiro, considerado o criador da Bossa Nova, o novo movimento da música popular brasileira que surgiu no fim dos anos 50. João Gilberto de Prado Pereira de Oliveira nasceu em Juazeiro, Bahia, no dia 10 de junho de 1931.

Foi um cantor, violonista e compositor brasileiro. Considerado um artista genial, revolucionou a música brasileira ao criar uma nova batida de violão com influências do jazz para tocar samba: a “bossa nova”. O jeito suave de cantar também foi visto como inovador.
Falecimento6 de julho de 2019 Mais populares
Nascimento10 de junho de 1931, Juazeiro, Bahia
CônjugeMiúcha (de 1965 a 1971), Astrud Gilberto (de 1959 a 1964)

Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler