GDF vai criar agência de atração de investimentos

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

GDF vai criar agência de atração de investimentos

Trabalho coordenado pela SDE tem como objetivo mostrar Brasília aos investidores nacionais e internacionais e, assim, captar recursos

AGÊNCIA BRASÍLIA *

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico vai receber sugestões de outros setores do governo para elaborar, até fevereiro, a minuta do projeto de lei que o governo pretende enviar à Câmara Legislativa autorizando a criação de uma agência de atração de investimentos para o DF.

O objetivo é criar um instrumento legal de facilitação dos investimentos nacionais e até internacionais na capital. O modelo da agência foi discutido nesta quarta-feira (15) entre o secretário da SDE, Ruy Coutinho, e representantes de outras seis pastas do governo.

A criação da agência está prevista no contrato de US$ 71 bilhões assinado entre o GDF e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), também destinados a obras de infraestrutura nas áreas de desenvolvimento econômico, tocadas pelo programa Programa Procidades.

Técnicos da SDE estudaram os modelos adotados em São Paulo, Paraná e Goiás para servirem de modelo. “O DF precisa de uma agência que atraia e facilite a vida do potencial investidor”, disse Coutinho.

Para o coordenador de atração de investimentos da SDE, Rogério Galvão, é preciso que haja uma integração das pastas para consolidação das informações que ilustram o potencial de cada área do DF.

“Não basta apenas oferecer impostos mais baixos, mão de obra qualificada e logística. Isso é o lugar comum. Precisamos criar uma agência customizada, a exemplo do que já é feito em vários países”, disse o coordenador.

Participaram da reunião os secretários de Turismo, Vanessa Mendonça; de Projetos Especiais, Everardo Gueiros; de Relações Institucionais, Vitor Paulo; de Relações Internacionais, Renata Zuquin; além da secretária-adjunta de Planejamento, Adriane Lorentino, e do secretário-executivo da Casa Civil, Bruno Seixas.

Com informações da Secretaria de Desenvolvimento

Adaptações

Guará News

Você também pode querer ler