Favorecendo os artistas da cidade. Oswaldo Montenegro ensaia musical em Brasília para comemorar 60 anos da capital

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Por Luiza Garonce, G1 DF

 

Oswaldo Montenegro ensaia musical com artistas de Brasília para comemorar 60 anos da capitalOswaldo Montenegro ensaia musical com artistas de Brasília para comemorar 60 anos da capital

Filipe Duque/Divulgação

Quase 40 anos após a primeira encenação do musical “Veja você, Brasília”, Oswaldo Montenegro volta à cidade que adotou quando ainda era adolescente para presentá-la, no aniversário de 60 anos, com um novo roteiro do espetáculo.

O compositor, cantor e diretor começou os ensaios nesta terça-feira (28) e, ao todo, participará de 30 encontros com o elenco. As apresentações ocorrem nos dias 10 e 11 de abril no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. A entrada é gratuita.

Além do nome, o musical “Veja você, Brasília” de 2020 resgata dois aspectos da versão original, de 1981: a participação de Zélia Duncan, que vai narrar um vídeo exibido durante todo o espetáculo e duas cenas. “O resto reescrevi inteiro”, disse Oswaldo.

“O nome é uma homenagem àquele espetáculo, em uma época muita bacana, de muitos amigos que fiz em Brasília.”

Cena do filme gravado para o espetáculo musical "Veja você, Brasília", de Oswaldo Montenegro — Foto: Filipe Duque/DivulgaçãoCena do filme gravado para o espetáculo musical "Veja você, Brasília", de Oswaldo Montenegro — Foto: Filipe Duque/Divulgação

Cena do filme gravado para o espetáculo musical “Veja você, Brasília”, de Oswaldo Montenegro — Foto: Filipe Duque/Divulgação

Como o primeiro, desta vez o elenco também será formado essencialmente por artistas e músicos da capital. “São mais de 200 pessoas no projeto, entre artistas e técnicos”, explicou Oswaldo. “É de assustar a competência, personalidade e adesão deles. São pessoas que querem fazer arte.”

Veja o quê?

Com concepção, roteiro, direção musical e geral de Oswaldo Montenegro, “Veja você, Brasília” é um convite para quem é de fora e, também, para quem vive aqui a conhecer a cidade por outra perspectiva – com olhar poético, afetivo e mais generoso.

“Brasília foi formada de uma maneira heterogênea, com gente de tudo quanto é lugar do Brasil, e isso gerou uma cara. Brasília tem uma arquitetura típica, uma coisa árida e, ao mesmo tempo, doce.”

“Aqui, apesar de ser o centro do poder, tem gente, emoção, personalidade e muita arte.”

Oswaldo Montenegro em entrevista ao G1 sobre o espetáculo musical "Veja você, Brasília" — Foto: Luiza Garonce/G1

Oswaldo Montenegro em entrevista ao G1 sobre o espetáculo musical “Veja você, Brasília” — Foto: Luiza Garonce/G1

O roteiro, segundo Oswaldo, faz uma espécie de reconstrução histórica da cidade, que nasceu da terra vermelha e se tornou uma referência modernista no mundo todo – mas este não é exatamente o foco.

“Eu brinco com essa parte histórica que não é didática, apenas uma referência. O importante é a emoção que se tem”, disse. “A grande intenção é mostrar o quanto Brasília tem uma marca artística que o Brasil desconhece.”

“Brasília se expressa com personalidade própria.”

Cena do filme gravado para o espetáculo musical "Veja você, Brasília", de Oswaldo Montenegro — Foto: Filipe Duque/DivulgaçãoCena do filme gravado para o espetáculo musical "Veja você, Brasília", de Oswaldo Montenegro — Foto: Filipe Duque/Divulgação

Cena do filme gravado para o espetáculo musical “Veja você, Brasília”, de Oswaldo Montenegro — Foto: Filipe Duque/Divulgação

Para evidenciar essa personalidade e potencial criativo dos artistas daqui, o espetáculo é multimídia: com música ao vivo, dança, encenações e acrobacias executadas em compasso com um filme que será exibido durante todo o espetáculo, em um telão ao fundo do palco.

“Um cara que está tocando lá no telão aparece cantando no palco. Uma pessoa do palco pula no trapézio e depois aparece no telão. É um quebra-cabeça enorme e tudo interage.”

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler