DF terá sete novas datas comemorativas em 2020; veja lista

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Por Carolina Cruz, G1 DF

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Mulheres pilotam motocicletas — Foto: Raul Zito / G1Mulheres pilotam motocicletas — Foto: Raul Zito / G1

Mulheres pilotam motocicletas — Foto: Raul Zito / G1

O ano de 2020 terá sete novas datas comemorativas no Distrito Federal. Elas foram criadas por meio de projetos de lei aprovados na Câmara Legislativa do DF (CLDF) no ano passado, com o objetivo de homenagear ou chamar atenção para causas consideradas importantes.

A criação destas datas no Calendário Oficial do Distrito Federal não representa novos feriados. Veja abaixo a lista de datas comemorativas que serão celebradas pela primeira vez em 2020:

  • Abril Verde, referente à política de prevenção aos acidentes de trabalho e doenças ocupacionais

Autoria: deputados Valdelino Barcelos (PP) e Jorge Vianna (Podemos)

  • Dia do Trabalhador Terceirizado – 14 de maio

    Autoria: deputado José Gomes (PSB)

    • Dia do Motoclube, Dia do Motogrupo e Dia da Associação Motociclística – 22 de maio

    Autoria: deputado Cláudio Abrantes (PDT)

    • Dia do Caminhoneiro – 25 de julho

    Autoria: deputado Valdelino Barcelos (PP)

    • Dia do Esperanto – 26 de julho

    Autoria: deputado Reginaldo Sardinha (Avante)

    • Campanha Coração Azul contra o Tráfico de Pessoas – última semana do mês de julho

    Autoria: deputado Rodrigo Delmasso (Republicanos)

    • Dia de Nossa Senhora da Glória, padroeira de Ceilândia – 15 de agosto

    Autoria: deputado Chico Vigilante (PT)

    Criação das datas

    A sugestão dos dias, semanas ou meses comemorativos é uma das prerrogativas dos deputados distritais. Para valer, no entanto, as proposições precisam ser aprovadas no plenário da CLDF e sancionadas pelo governador.

    As sete datas incluídas no calendário de 2020 tiveram o aval de Ibaneis ao longo de 2019. Só no segundo semestre do ano passado, os distritais aprovaram 17 novas datas. Destas, porém, apenas quatro foram oficializadas pelo governador.

    Pela segunda vez no calendário

    Outras três datas comemorativas sancionadas em 2019 foram incluídas ainda no calendário do ano passado. São elas:

    • Dia Distrital do Cerimonialista – 29 de outubro

    Autoria: deputado Cláudio Abrantes (PDT)

    • Dia do Sacerdote e da Sacerdotisa de Religiões de Matrizes Africanas – 24 de novembro

    Autoria: deputado Cláudio Abrantes (PDT)

    • Dia do Futebol Americano – 5 de março

    Autoria: ex-deputado distrital Julio Cesar (Republicanos)

    Vetos e eventos

    Último fim de semana do Funn Festival em Brasília. — Foto: Divulgação/Funn Festival

    Último fim de semana do Funn Festival em Brasília. — Foto: Divulgação/Funn Festival

    Além das datas comemorativas, deputados também podem inserir no calendário oficial do DF eventos considerados de grande impacto na economia da capital. Foi com este argumento que o ex-deputado Cristiano Araújo (PSD) sugeriu a inclusão no calendário oficial do evento Funn Festival, realizado pela iniciativa privada.

    Ibaneis vetou a proposta do ex-distrital. Contudo, teve o veto derrubado pelo plenário da CLDF neste ano. O evento foi inserido no calendário do DF oficialmente em agosto do ano passado.

    A lei determina que “o Poder Executivo, por meio de seus órgãos e entidades, contribuirá, na medida de suas possibilidades, com a realização do evento”. No entanto, não detalha os termos dessa contribuição.

    Outros eventos incluídos no calendário oficial no ano passado que tiveram aval do governador foram:

    • Campus Party, em data a ser definida
    • Cavalgada Resgatando uma Tradição, em setembro
    • Festa de Veneração a Nossa Senhora das Dores, promovida pela Paróquia Nossa Senhora das Dores, localizada no Cruzeiro Velho, a ser realizada na segunda semana de setembro
    • Caminhada Mariana, do Gama, realizada anualmente no último sábado do mês de maio
    • Semana do Torneio de Argolinhas da Associação dos Tratadores de Animais de Tração de Esporte – Atrate

Você também pode querer ler