Casos de Dengue aumentam em Brasília e em vários estados!

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Os casos de Dengue em todo o país já estão cinco vezes maiores que no ano passado. Segundo informações do Ministério da Saúde, em 2018 o número era de 134.048, agora em 2019 foram registrados 675.174 casos prováveis de dengue, no mesmo período.

Dez estados e o Distrito Federal estão com alta incidência de dengue, com mais de 100 casos a cada 100 mil habitantes, de acordo com dados do Ministério da Saúde, do dia 4 de maio: AC, DF, GO, ES, MG, MT, MS, PR, RN, SP e TO.

Em Brasília, foram 10 mortes em 2019 e apenas uma pessoa faleceu por causa da dengue em 2018 (no mesmo período). O último dado divulgado mostra quase 13 mil casos de dengue notificados e essa informação está defasada porque há três semanas o governo de Brasília não divulga um novo boletim sobre os casos da Dengue.

Aqui em Brasília, o serviço de Fumacê foi suspenso, o local de preparo do inseticida foi interditado pois a situação era precária, haviam funis improvisados de galões de água e além disso, o produto estava com o prazo de validade vencido.Em São Paulo já são 232.183 casos prováveis de dengue este ano, segundo o boletim mais recente do Ministério da Saúde. O número agora divulgado é 2.997% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, quando houve 7.496 relatos.

Em vários estados, foram registradas obras abandonadas e pátios de carros apreendidos acumulando água, além de até cemitérios com águas paradas nas lápides e plantas. Os governos do Rio de Janeiro e de Minas Gerais e algumas prefeituras, relataram que constantemente fazem manutenção em locais apontados.

É também um dever da população fazer denúncias e divulgar os lugares onde há água parada, seja em seu trabalho, comunidade ou até em lugares de visitação pública. Temos que eliminar os criadouros e acabar com o mosquito Aedes aegypti, que também é responsável pela pela febre chikungunya e pelo Zika vírus.

Edição: Guará News – Gisele Frazão

Imagem : internet

Você também pode querer ler