Vacinação contra Covid -19 é reativada para pessoas com 50 anos ou mais

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Nessa faixa etária, 224 mil pessoas já marcaram a imunização para os próximos dias

14.06.2021

GIZELLA RODRIGUES, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: MÔNICA PEDROSO
Adaptações: Alexandre Torres
Guará News

Mais 6,5 mil pessoas com idade entre 50 e 59 anos poderão se vacinar no DF contra a covid-19. A Secretaria de Saúde reabriu o agendamento para esta faixa etária e pessoas que ainda não se imunizaram podem agendar data e hora para receber a dose no site da Saúde. Segundo o secretário da Casa Civil, Gustavo Rocha, e o de Saúde, Osnei Okumoto, 66% da população com essa idade já fizeram o agendamento para os próximos dias.

Os secretários anunciaram que semana que vem o GDF começa imunização contra covid-19 em regiões carentes, onde não há acesso à internet para marcação de vacinação | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Os gestores afirmaram que, das 337 mil pessoas de 50 a 59 anos moradoras do DF segundo a Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), 224 mil já agendaram dia e horário vacinação. De acordo com Gustavo Rocha, grande parte das 113 mil pessoas restantes já deve ter recebido a vacina por ser de outro grupo prioritário e, assim que houver mais doses de vacina disponíveis, o governo vai baixar mais uma vez a idade do público alvo.

“A gente costuma abrir o agendamento quando há doses para todo o público alvo. Mas, neste caso, a Secretaria de Saúde analisou a dinâmica da vacinação e entendeu por abrir essas vagas mesmo que não tenha doses para todos porque mais vacinas vão chegar e vai reabrindo o agendamento até que todos estejam imunizados”, explicou o secretário da Casa Civil. “As doses não ficarão paradas. Aqueles que já estão autorizados a buscar o agendamento e não agendam, ou os que agendam e por ventura não comparecem, essas doses serão remanejadas para possibilitar que a gente vá baixando a idade com mais celeridade”, ressaltou.

Em coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (14) no Palácio do Buriti, o secretário de Saúde anunciou que há 9 mil vagas disponíveis para pessoas com comorbidades e pessoas com deficiência sem o BPC e 1,2 mil para rodoviários em aberto. Osnei Okumoto também esclareceu que pessoas com deficiência aparente e obesos com Índice de Massa Corporal (IMC) acima de 40 não precisam de laudo médico.

Os secretários também defenderam a necessidade de agendamento, que foi uma recomendação do Ministério Público, mas anunciaram que a Secretaria de Saúde, em parceria com o Conselho de Saúde do DF e com as administrações regionais, vai fazer um mapeamento para começar, a partir da semana que vem, a vacinação contra covid-19 sem agendamento em regiões carentes sem acesso à internet.

O envio das doses da Janssen, da fabricante Johnson & Johnson, previsto para ter ocorrido entre o domingo passado (13) e esta terça-feira (15), atrasou. Agora, a expectativa é que elas cheguem ao DF até o final da semana. Mesmo com o atraso, elas serão destinadas para os profissionais da rede pública de ensino.

Você também pode querer ler