Quer comprar ou trocar de carro? A hora é boa, vendas sobem 42% no DF

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Mercado de veículos seminovos cresce 42% em um ano no Distrito Federal

De acordo com a Agenciauto-DF, apenas no mês passado, foram comercializados no DF 20.494 carros, uma média de 1.025 por dia útil

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Rafaela Felicciano/Metrópoles
Associação das Empresas Revendedoras de Veículos (Agenciauto-DF)informou, nesta quarta-feira (12/5), que o mercado de vendas de seminovos segue aquecido no Distrito Federal. O motivo é o aumento de preço dos carros novos, além da paralisação de parte das montadoras.

De acordo com a entidade, escassez de veículos novos nas lojas e prazos de até três meses para receber o modelo escolhido tem levado parte dos consumidores a optar por veículos usados e com pronta-entrega.

Dados da Agenciauto-DF mostram que, em abril, o acumulado nas vendas do ano se mostrou 42% maior do que em 2020. No total, apenas no mês passado, foram comercializados, no DF, 20.494 carros, uma média de 1.025 por dia útil daquele período.

A informação é de que os modelos mais vendidos foram os usados jovens (de 4 a 8 anos), com 7.606 veículos; seguidos dos usados maduros (de 9 a 12 anos), 5.003; seminovos (de até 3 anos), 4.272; e, por fim, os mais antigos (com 13 ou mais anos de quilometragem), com 3.513 carros vendidos somente no Distrito Federal.

“Entre os veículos acima de quatro anos vendidos, a maior parte se refere a modelos mais caros, ou seja, o consumidor deixa de comprar um carro novo mais simples e compra um seminovo mais sofisticado”, explicou José Rodrigues Neto, presidente da Agenciauto.

Veja o levantamento:

Você também pode querer ler