Projetos sustentáveis serão homenageados pela Administração do Plano Piloto

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Projetos sustentáveis serão homenageados pela Administração do Plano Piloto

Moradores da região central de Brasília podem inscrever iniciativas até 24 de janeiro. Três melhores propostas receberão premiações

ANA LUIZA VINHOTE, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

Após um congresso sobre a coleta de lixo, a prefeita da Quadra 113 Sul, Rachel Andrade, 47 anos, e mais dois moradores da região decidiram implementar um projeto que mudaria o hábito dos cerca de 1,2 mil habitantes do local. Para preservar o meio ambiente, eles bateram de porta em porta conscientizando os moradores a fazer a separação correta dos resíduos.

“É ilusão a gente dizer que sabe separar o lixo, pois não sabemos. Buscamos aprender com quem entendia do assunto. Depois distribuímos cartilhas, fizemos palestras, entre outras estratégias. Mas é preciso saber que além do aprendizado, também é uma questão de vontade e mudança de hábito”, comenta a prefeita.
| Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Desde abril de 2018, os moradores dos 396 apartamentos espalhados pelos 11 blocos separam o lixo e conseguem atingir uma porcentagem de apenas 3% de rejeito de todo o resíduo reciclável enviado para a cooperativa. “O processo de aprendizado das pessoas e o envolvimento dos moradores com a proposta foi muito interessante. Hoje podemos dizer que ainda somos uma quadra lixo zero. E pretendemos continuar”, assegura.

Ações como essa serão homenageadas pela Administração Regional do Plano Piloto, no auditório do local, em 6 de fevereiro. Os moradores que têm interesse em mostrar seus projetos devem preencher o formulário neste link e enviar um e-mail para o endereço lideresparaodesenvolvimento@gmail.com, com documentos que comprovem a execução do projeto, como fotos e vídeos, até 24 de janeiro. O edital pode ser acessado pelo link.

Prefeita da 113 Sul, Rachel Andrade ressalta importância da “vontade e mudança de hábito” | Foto: Joel Rodrigues / Agência Brasília

Segundo a administradora do Plano, Ilka Teodoro, o objetivo do projeto é reconhecer, divulgar e estimular o trabalho realizado pela sociedade. “A nossa ideia é de que a proposta que deu certo em uma comunidade possa ser expandida para outras. A administração regional depende da comunidade para funcionar, tanto na identificação dos problemas, como na construção das soluções e prevenções deles”, comenta.

A prefeita elogia o projeto do órgão – que, além das homenagens, premiará os três melhores projetos. “Ao longo dos último dois anos trocamos experiências com várias quadras e muita gente veio aqui para entender nosso projeto. Conhecer outras iniciativas e implementá-las sempre é muito bom”, acrescenta Rachel.

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler