Ibaneis após Anderson Torres ser cotado como ministro da Justiça: “Ótimo profissional”

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Ibaneis após Anderson Torres ser cotado como ministro da Justiça: “Ótimo profissional”

Secretário de Segurança do DF teve o nome ventilado para assumir o Ministério da Justiça, mas governador não confirmou a informação

atualizado 29/03/2021 18:25

Anderson Torres, secretário de Segurança do DFRafaela Felicciano/Metrópoles
governador Ibaneis Rocha (MDB) afirmou, nesta segunda-feira (29/3), que não recebeu a confirmação sobre a possibilidade do atual secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Anderson Torres, assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública no lugar de André Mendonça. O nome foi ventilado em Brasília após as mudanças realizadas pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na Esplanada dos Ministérios.

“Ainda sem confirmação. Mas se for verdade, ficarei muito feliz por ele. Afinal, é um excelente profissional”, elogiou o emedebista.

Após a saída de Ernesto Araújo do Ministério das Relações Exteriores, outras duas importantes pastas perderam seus titulares nesta segunda: o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, e o minitro-chefe da Advocacia-Geral da União (AGU), José Levi, deixaram o atual governo.

No caso de Levi, a hipótese mais forte é de que ele seja substituído por André Mendonça, atual ministro da Justiça, o que abriria espaço para a nomeação de Anderson Torres.

Amigo próximo da família Bolsonaro, Torres é tido como um quadro técnico. Ele é delegado da Polícia Federal (PF) e, por isso, também teve o nome cotado para assumir a direção-geral da força de segurança, mas acabou permanecendo no Governo do Distrito Federal (GDF).

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler