Hora de relaxar. Diversão e arte com clima natalino no final de semana, teatro, música, cinema e muito mais, confira

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Reabertura da Caixa Cultural e Festival do Japão são as atrações para o final de semana

A agenda cultural do DF, no primeiro fim de semana de dezembro, tem peças teatrais e carretada solidária inspiradas nas comemorações Natal. Outros destaques são a reabertura da Caixa Cultural, o retorno de espetáculos ao teatro do CCBB e o Festival do Japão.

A programação conta com atrações presenciais e pela internet – por conta da pandemia do novo coronavírus. Há opções gratuitas e com preços variados. Confira abaixo o que fazer no Distrito Federal.

No clima natalino

 

Árvore de Natal do Shopping Pátio Brasil, no DF, onde tem apresentação de peça infantil gratuita — Foto: Pátio Brasil/ Divulgação

Árvore de Natal do Shopping Pátio Brasil, no DF, onde tem apresentação de peça infantil gratuita — Foto: Pátio Brasil/ Divulgação

O clima de Natal já ocupa Brasília. Com a peça “A Comédia do Natal”, a Companhia G7 promete divertir o público com esquetes sobre Papai Noel, presépio e amigo oculto. O espetáculo não é recomendado para menores 12 anos de idade.

“A Comédia do Natal” fica em cartaz até 26 de dezembro, no Teatro La Salle, na 906 Sul. As apresentações acontecem aos sábados e domingos, às 19h.

O Ingresso custa a partir de R$ 35 e pode ser comprado pela internet.

Teatro infantil de graça

 

No projeto Pátio Aventura, até 20 de dezembro, espetáculos de teatro infantil gratuitos movimentam o Shopping Pátio Brasil, na Asa Sul. As apresentações são aos sábados e domingos, às 16h.

Neste fim de semana, a peça “Um Conto de Natal” será encenada no piso 3. Para assistir, basta retirar o ingresso, com antecedência, pelo aplicativo do shopping.

Segundo os organizadores, o limite de público é de 50 pessoas por apresentação. O uso de máscaras é obrigatório.

25 anos dos Melhores do Mundo

 

Cia. Os Melhores do Mundo apresenta espetáculo ''Dingou Béus", em imagem de 2019 — Foto: Divulgação

Cia. Os Melhores do Mundo apresenta espetáculo ”Dingou Béus”, em imagem de 2019 — Foto: Divulgação

Em comemoração aos 25 anos dos Melhores do Mundo, a companhia de teatro, que nasceu em Brasília, vai fazer um espetáculo especial neste domingo (6), às 20h, no teatro Vivo Rio, no Rio de Janeiro.

A apresentação será transmitida pela internet, no entanto, para assistir é necessário comprar um ingresso que custa a partir de R$ 20 e está disponível aqui. A peça conta com personagens que fizeram a história do grupo, como Joseph Climber e Baguiva Shala.

Teatro no CCBB

 

Peça recita poemas de Vinícius de Moraes e Fernando Pessoa em peça de teatro "Poema Bar", que reabre teatro do CCBB, em Brasília — Foto: Divulgação

Peça recita poemas de Vinícius de Moraes e Fernando Pessoa em peça de teatro “Poema Bar”, que reabre teatro do CCBB, em Brasília — Foto: Divulgação

Na reabertura para o público, o teatro do CCBB de Brasília apresenta o espetáculo “Poema Bar“. No total, serão oito apresentações que começam nesta sexta-feira (4) e vão até 13 de dezembro.

A peça traz uma leitura dramatizada de poemas de Vinicius de MoraesFernando Pessoa. O espetáculo não é recomendado para menores de 12 anos, os ingressos custam R$ 30 e estão à venda pela internet.

No elenco, o ator Alexandre Borges, o pianista João Vasco, e as cantoras Mariana de Moraes e Sofia Vitória. A peça já passou por Portugal, Alemanha, França, Moçambique e diversas cidades brasileiras.

“Poema Bar” terá uma sessão gratuita no dia 12 de dezembro, às 20h. A apresentação vai contar com tradução em libras e com a presença das artistas brasilienses Cida Moreira, Paula Zimbres e Thanise Silva.

Outras atividades no CCBB

 

Federico Fellini — Foto: Getty Images

Federico Fellini — Foto: Getty Images

O CCBB Brasília fica aberto de terça a domingo, das 9h às 18h. O público pode visitar as exposições “Linhas da Vida”, de Chiharu Shiota, e “Acervos do Brasil”, no Museu BB, e assistir aos filmes da mostra “Fellini, Il Maestro”.

A mostra gratuita fica em cartaz até 27 de dezembro. A iniciativa homenageia os 100 anos de nascimento do cineasta italiano Federico Fellini.

Para assistir, basta retirar os ingressos no CCBB, no dia da sessão. O acesso será por meio de um QR Code, que estará disponível no local. A lotação do cinema será de 30 lugares, por causa das medidas de prevenção ao novo coronavírus.

O acesso ao centro cultural é gratuito, mas é preciso retirar o ingresso pela internet. Como medida de prevenção à Covid-19, é obrigatório uso de máscara, aferição de temperatura na entrada, além do respeito às demarcações de distanciamento social.

Caixa Cultural

 

Caixa Cultural reabriu as portas para o público na quinta-feira (3). O espaço ficou fechado por mais de oito meses, por conta das restrições impostas pela pandemia do novo coronavírus.

A programação tem exposições do acervo da Caixa e oficinas sobre educação financeira. No entanto, antes de ir, é preciso agendar um horário por meio dos seguintes números:

  • WhatsApp (61) 99246-3993
  • Telefone (61) 3206-6456

 

Para acessar o espaço, o visitante deve seguir medidas sanitárias, como uso obrigatório da máscara, aferição de temperatura na entrada e higienização das mãos, além de respeitar o distanciamento social.

Caixa Cultural funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. O espaço fica no Setor Bancário Sul, próximo ao Banco Central.

Festival do Japão Brasília

 

Lanterna acessa no Lago Paranoá, em Brasília — Foto: Festival do Japão Brasília/Divulgação

Lanterna acessa no Lago Paranoá, em Brasília — Foto: Festival do Japão Brasília/Divulgação

Outra atração da agenda deste fim de semana é a 9ª edição do Festival do Japão Brasília, que acontece no sábado (5) e no domingo (6), a partir das 16h. O festival, organizado desde 2012, é uma iniciativa da Federação das Associações Nipo-Brasileiras do Centro-Oeste.

Neste ano, por conta da pandemia, a programação foi adaptada. As tradicionais comidas japonesas serão entregues por meio de delivery. As atrações culturais serão acompanhadas pela internet.

A programação também terá a exibição da cerimonia Tooro Nagashi,que colocou lanternas japonesas no Lago Paranoá em homenagem aos antepassados mortos.

Música itinerante

 

Orquestra Alada Trovão Da Mata, durante apresentação no Carnaval de Brasília, em imagem de arquivo — Foto: Thiago S. Araújo

Orquestra Alada Trovão Da Mata, durante apresentação no Carnaval de Brasília, em imagem de arquivo — Foto: Thiago S. Araújo

Também no sábado (5) e no domingo (6), as quadras da Asas Sul e da Asa Norte serão ocupadas pela música da Orquestra Alada Trovão da Mata. Como forma de “manter a surpresa e evitar as aglomerações”, os organizadores não divulgaram o percurso e nem os horários das apresentações.

“Se ouvir de sua casa, o pulsar contagiante do Samba Pisado, vá para a janela e desfrute o espetáculo em segurança”, dizem os organizadores.

 

As apresentações também terão número limitado de percussionistas e apenas algumas das figuras míticas do cerrado. Os espetáculos itinerantes são organizados pela Tocata Alada, grupo de expressão tradicional da cultura popular candanga.

A Tocata Alada faz parte do Circuito Candango de Culturas Populares, projeto organizado pelo Instituto Rosa dos Ventos e fomentado pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF (Secec).

Carreata de Natal

 

Carreata de Natal vai percorrer 12 regiões do DF e distribuir ceias de Natal para pessoas em situação de vulnerabilidade social — Foto: Sesc/ Divulgação

Carreata de Natal vai percorrer 12 regiões do DF e distribuir ceias de Natal para pessoas em situação de vulnerabilidade social — Foto: Sesc/ Divulgação

Outra atividade que acontece no formato itinerante é a Carreata Natalina. Ela vai percorrer 12 regiões do DF para distribuir marmitas com cardápio especial para famílias em situação de vulnerabilidade social.

As carreatas começam neste sábado (5) e vão até o dia 12 de dezembro. A iniciativa é do Sistema Fecomércio do DF e vai passar pelas seguintes regiões:

  1. Estrutural
  2. Varjão
  3. Paranoá
  4. Fercal
  5. Riacho Fundo II
  6. Recanto da Emas
  7. Itapoã
  8. Samambaia
  9. Santa Maria
  10. Planaltina
  11. Ceilândia
  12. Brazlândia

 

Nos dias 5 e 12 de dezembro, a carreata vai contar com a participação dos motociclistas do Capital MotoWeek.

Música ao vivo

 

DJ Donna, de Brasília, em imagem de arquivo — Foto: Pixelizando/Divulgação

DJ Donna, de Brasília, em imagem de arquivo — Foto: Pixelizando/Divulgação

Para animar o brasiliense, os últimos dias da 20ª edição do Festival Convida ocupa a internet com música de diferentes estilos. O evento é gratuito, mas para participar é preciso pegar antes o ingresso.

O festival começou no 22 de novembro e termina neste sábado (5). O evento reúne shows, oficinas e mesas de debate, tudo com transmissão gratuita pela internet, 24 horas por dia. Confira programação do fim de semana:

Sexta (4)

  • Dj Donna, Realleza, Delacroix e Afrotronix
  • Horário de início: 18h
  • Local: Arena Digital Torre de Tv e SCS

 

Sábado (5)

  • Lulu Praxedes, Giovani Cidreira, Amanda Magalhães, Thabata Lorena e Luedji Luna
  • Horário de início: 17h30
  • Local: Arena Digital Torre de Tv e SCS

 

Festival Tardezinha do Samba

 

Velha Guarda da Portela — Foto: Divulgação

Velha Guarda da Portela — Foto: Divulgação

Outro evento que anima o público que está em casa é o Festival Tardezinha do Samba. A iniciativa, que teve a primeira edição em Ceilândia, agora reúne sambista do DF, do Rio de Janeiro e de São Paulo.

O evento acontece nos dias 5, 6, 12 e 13 de dezembro, com transmissão a partir das 12hnas redes sociais. Entre as atrações principais da 3ª edição estão o encontro entre Tuco Pellegrino e Marquinho do Pandeiro e a participação de integrantes da Velha Guarda da Portela

Além das atrações musicais, o Tardezinha também terá sessões de poesia, contação de histórias, exibições de documentários e prosas sobre a história do samba.

O festival foi idealizado pelo músico Marcelo Café e realizado pela Artecei Produções. Segundo os organizadores, o evento busca juntar “fazedores de samba e da cultura afro-brasileira”.

Confira a programação deste fim de semana:

Sábado (5)

  • 12h: Toque de Salto
  • 12h45: Papo de Samba com Onésio Meirelles (participação de Tuco Pellegrino e Tantinho da Mangueira)
  • 13h: Já chegou quem faltava
  • 13h45: Pegada Black
  • 14h: Teresa Lopes
  • 14h45: Momento Empreendedor com Luazi Luango
  • 15h: Carol Nogueira
  • 15h45: Papo de Samba sobre a cena de Brasília, com João Peçanha
  • 16h: Dinho Braga
  • 16h45: TBT do Tardezinha
  • 17h: Marcelo Café

 

Domingo (6)

  • 12h: Samba da Guariba
  • 12h45: Papo de Samba sobre o Grupo Herdeiras do Samba, com Geyza Kuetti Meirelles
  • 13h: 7naRoda
  • 13h45: Momento poético com Avá Editora
  • 14h: Milsinho
  • 14h45: DJ Kazuza
  • 15h: Cris Pereira
  • 15h45: Ensaio Geral
  • 16h: Kris Maciel
  • 16h45: Poesia com Rêgo Junior
  • 17h: Dhi Ribeiro

 

Músico Marcelo Café, em imagem de aqruivo — Foto: Divulgação

Músico Marcelo Café, em imagem de aqruivo — Foto: Divulgação

Lobo Fest

 

A despedida deste fim de semana é para a 12ª edição do Festival Internacional de Filmes Lobo Fest, que termina no domingo (6). A iniciativa conta com exibição gratuita, pela internet, de 70 curtas-metragens feitos no Brasil e no exterior.

Os curtas abordam temas como imigração, conflitos raciais, questões LGBTQIA+ e pandemia do novo coronavírus. Para assistir, basta fazer um cadastro prévio na plataforma.

O evento terá ainda mostras com curtas que estiveram nas seleções de 2018 e 2019. Todos as obras terão legendas em português.

Festival do IFB

 

Outra opção para os amantes da sétima arte é a 2ª edição do Festival Recanto do Cinema – Audiovisual na Periferia. A exibição gratuita de filmes vai até 12 de dezembro, pela internet.

O festival, organizado pelos estudantes e professores do campus Recanto das Emas do Instituto Federal de Brasília (IFB), reúne obras brasileiras que retratam a vida nas periferias. Neste ano, o tema é “Memória, Identidades e Territórios”.

Durante o evento, também ocorre o Lab Recanto, espaço virtual com oficinas e cursos gratuitos. Para participar, é necessário fazer as inscrições com antecedência, pelo site.

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler