Festa junina no Guará além de criativa e de ótima produção gerou polêmica política e ainda vai dar “muito pano pra manga”

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

parelhamento político-eleitoral pode provocar interdição da festa

Adaptações e complemento de texto
Alexandre Torres
Guará News
Festas juninas acontecem por todo o país. nesta época do ano – Foto: Itawi Albuquerque.

A festa “O Grande São João do Guará – O cordel encantado” se realiza neste fim de semana e os petistas não perderam tempo: copiaram o cartaz do evento e colaram a logomarca do partido, espalhando nas redes sociais como se fosse a entidade promotora.

O cartaz do qual o PT se apropriou.

Além do furto do cartaz, o PT acrescentou a mensagem: “nosso encontro desta 6ª é no São João. Vá de camiseta, máscara ou broche do Lula ou do PT”, configurando crime eleitoral previsto na legislação em vigor.

A Administração Regional do Guará, espécie de prefeitura da cidade, recebeu a informação de que a apropriação indébita do cartaz e a tentativa de “aparelhar” a festa teria sido iniciativa de ativistas ligados à deputada distrital Arlete Sampaio (PT).

Além da conotação criminosa do fato, a Administração do Guará fará também denúncia à Justiça Eleitoral do uso político-partidário da festa e uso indevido da logomarca do governo do Distrito Federal, um dos patrocinadores do evento. Além disso, constatado o aparelhamento partidário, a legislação prevê inclusive a interdição da festa.

A redação do Guará News falou com os produtores do evento que descartam qualquer envolvimento ou autorização para qualquer sigla política do país.

Estaremos acompanhando junto a Administração do Guará sobre o andamento do processo.

 

Você também pode querer ler