Dia Mundial do Doador de Sangue : 14 de junho

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

O Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado anualmente em 14 de junho.

O objetivo desta data é homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato, que é responsável pela salvação de milhares de vida.

A data foi criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e o dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 – 26 de junho de 1943), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Quem pode doar sangue?
Para doar sangue, a pessoa deve estar enquadrada dentro de algumas características específicas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS):
– Homem ou mulher;
– Entre 16 e 68 anos;
– Ter acima de 50 quilos;
– Não ter Hepatite B, Hepatite C, Doença de Chagas, Sífilis, AIDS (HIV), HTLV;
– Estar bem alimentado e descansado;
– Esperar entre 90 e 180 dias após o parto para mulheres grávidas;
– Se estiver gripado, esperar no mínimo 7 dias após a recuperação para poder doar;
– Após uma doação, as mulheres devem esperar 90 dias para fazê-lo novamente; enquanto os homens devem esperar 60 dias.

Brasil
No Brasil, segundo a campanha #PartiuDoarSangue, apenas 1,8% da população se dispõe a doar sangue, enquanto o ideal seria 5%.
Esse cenário vem mudando com as sucessivas campanhas de esclarecimento junto à população para que aumente no número de doadores de sangue em todo país.

Para doar sangue em Brasília:

Fundação Hemocentro de Brasília

Aviso: Doador de sangue “O negativo” tem direito a senha preferencial até 29 de junho, mesmo sem agendamento.

Fonte : Organização Mundial de Saúde – OMS e Fundação Hemocentro de Brasília- FHB (com adaptações Edição Guará News – Gisele Frazão)

 

Você também pode querer ler