DF passa de 8,9 mil mortes por Covid-19

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Por G1 DF

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Desde o início de junho, o Distrito Federal registrou mais 253 óbitos por Covid-19; imagem de arquivo  — Foto: FAP-DF/Divulgação

Desde o início de junho, o Distrito Federal registrou mais 253 óbitos por Covid-19; imagem de arquivo — Foto: FAP-DF/Divulgação

O Distrito Federal registrou, nesta sexta-feira (11), mais 25 mortes e 822 novos casos de Covid-19, segundo dados da Secretaria de Saúde (SES-DF). O total de vítimas, desde o início da pandemia, chega a 8.923.

Já os infectados somam 414.875. Entre eles, 397.723 estão recuperados – o que representa 95,9% do total.

O número de diagnósticos registrados nas últimas 24 horas cresceu 30% em relação ao boletim de quinta-feira (10), que mostrou 631 testes positivos. Na mesma comparação, o número de óbitos caiu 16% – foram 30 vítimas confirmadas no balanço anterior.

Desde o início de junho, a capital teve 8.972 pessoas contaminadas e mais 253 mortes confirmadas. A ocupação dos leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) reservados para infectados, na rede pública, está em 86,5% (saiba mais abaixo).

Perfil das vítimas

 

Plano Piloto, no Distrito Federal, está entre as regiões com maior número de casos da Covid-19 — Foto: TV Globo/Reprodução

Plano Piloto, no Distrito Federal, está entre as regiões com maior número de casos da Covid-19 — Foto: TV Globo/Reprodução

Entre as vítimas da Covid, 8.163 residiam no DF e 760 vieram de outras unidades da federação para buscar atendimento, principalmente do Entorno.

Segundo o informativo da Secretaria de Saúde, 16 vítimas morreram nos últimos dois dias. Confira as datas dos óbitos:

  • 1 de junho: 1
  • 2 de junho: 1
  • 3 de junho: 2
  • 5 de junho: 2
  • 9 de junho: 3
  • 10 de junho: 11
  • 11 de junho: 5

 

Faixa etária

  • 20 a 29 anos: 1
  • 30 a 39 anos: 3
  • 40 a 49 anos: 3
  • 50 a 59 anos: 5
  • 60 a 69 anos: 5
  • 70 a 79 anos: 5
  • 80 anos ou mais: 3

 

Residência

  • Águas Claras: 2
  • Ceilândia: 4
  • Núcleo Bandeirante: 1
  • Paranoá: 2
  • Recanto das Emas: 1
  • Riacho Fundo II: 1
  • Santa Maria: 2
  • Sobradinho: 1
  • Sobradinho II: 1
  • Taguatinga: 4
  • Vicente Pires: 1
  • Bahia: 2
  • Goiás: 3
  • Minas Gerais: 1

 

Leitos de UTI

 

Leito de UTI no DF em imagem de arquivo — Foto: TV Globo / Reprodução

Leito de UTI no DF em imagem de arquivo — Foto: TV Globo / Reprodução

Até as 16h26 desta sexta-feira, a ocupação dos leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) reservados para casos da Covid-19 na rede pública estava em 86,5%.

Do total de 452 leitos, 175 estavam ocupados, 27 disponíveis e 252 estavam bloqueados. Os números incluem unidades neonatais, pediátricas e adultas.

Na rede privada, às 11h56, 89,29% dos leitos reservados para infectados estavam ocupados. Do total de 306 leitos, 226 estavam em uso, 28 vagos e 52 bloqueados.

Números por região

 

Ceilândia é a região mais afetada pela pandemia na capital, com 1.408 óbitos e 46.071 casos.

Plano Piloto vem em seguida, com o segundo maior número de casos da Covid-19. O boletim desta quinta traz 39.808 infectados. O terceiro lugar é de Taguatinga, que soma 33.027 notificações.

Números da Covid-19 por região do DF, em 11 de junho de 2021 — Foto: SES-DF/Reprodução

Números da Covid-19 por região do DF, em 11 de junho de 2021 — Foto: SES-DF/Reprodução

 

Você também pode querer ler