Conclusão da perícia dos corpos de indigenista e jornalista inglês será na próxima semana

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

ois suspeitos envolvidos nos assassinatos estão presos: Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, e o irmão dele Oseney da Costa de Oliveira

Adaptações: Alexandre Torres
Guará News
Divulgação
O laudo sobre os corpos do jornalista inglês Dom Phillips e do indigenista Bruno Araújo Pereira deve ser concluído até a próxima semana. Os exames serão feitos no Instituto de Criminalística da Polícia Federal a partir desta sexta-feira (17/6).

Dois suspeitos envolvidos nos assassinatos estão presos: Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, e o irmão dele Oseney da Costa de Oliveira, conhecido como Dos Santos. A PF ainda está à procura de um terceiro suspeito, que teria auxiliado na execução. Outro acusado teria ajudado na ocultação dos corpos. Um quinto foi apontado como o mandante. Os nomes dos três, entretanto, não foram revelados.

“Coração partido”

Em comunicado divulgado em nome da irmã do jornalista inglês Dom Phillips, Sian, seu irmão Gareth, e seus parceiros e filhos, a família Philips expressou pesar pelo assassinato do profissional e do ativista indígena Bruno Pereira.

“Estamos com o coração partido pela confirmação de que Dom e Bruno foram assassinados e estendemos nossas mais profundas condolências a Alessandra, Beatriz e aos demais familiares brasileiros de ambos os homens. Somos gratos a todos que participaram da busca, especialmente aos grupos indígenas que trabalharam incansavelmente para encontrar evidências do ataque”, diz um trecho da nota.

 

Você também pode querer ler