Boletos do IPVA deixam de ser enviados pelos Correios no DF; veja opções de emissão

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Por G1 DF

 


Trânsito no Eixo Monumental, em Brasília, no Distrito Federal — Foto: Renato Araujo/Agência Brasília.Trânsito no Eixo Monumental, em Brasília, no Distrito Federal — Foto: Renato Araujo/Agência Brasília.

Trânsito no Eixo Monumental, em Brasília, no Distrito Federal — Foto: Renato Araujo/Agência Brasília.

A partir deste ano, o carnê para pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) não será mais enviado às residências dos contribuintes do Distrito Federal. A emissão do boleto deve ser feita online.

A Secretaria de Fazenda do Distrito Federal disponibiliza opções de acesso (saiba mais abaixo) ao documento por aplicativo, site ou ainda a impressão em agências do Governo do DF. Em todos os casos, o número do Renavam é necessário para a emissão.

Como emitir boleto do IPVA 2020

Download pelo próprio contribuinte:

Para imprimir:

  • Agências do Na Hora
  • Agências da Receita do DF

Motivos

Segundo a Secretaria de Fazenda, a principal razão para o fim do envio dos boletos é o programa Nota Legal, que permite o desconto de valores do imposto. Segundo a pasta, ao indicar os créditos para abatimento, o contribuinte já não poderia usar o carnê que chegava na residência.

A secretaria afirma que, por conta disso, 250 mil boletos foram descartados em 2019. Ainda segundo o GDF, cada envio custava R$ 2 aos cofres públicos. No ano passado, foram enviados 1.558.415 boletos de IPVA – caso todos fossem emitidos pela internet, o governo deixaria de gastar R$ 3,1 milhão.

Ainda de acordo com o GDF, o envio dos boletos do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial (IPTU) não sofrerá alterações.

Pagamento

Neste ano, as alíquotas do IPVA foram reduzidas de 3,5% para 3% nos casos de automóveis com quatro rodas ou mais (carros de passeio, caminhões, caminhonetes e utilitários). Já para motocicletas, ciclomotores, motonetas, quadriciclos e triciclos, a redução foi de 2,5% para 2%.

De acordo com a Secretaria de Fazenda, o IPVA pode ser pago em até três parcelas, iguais e sucessivas, desde que o valor não seja inferior a R$ 50. Veja abaixo o calendário dos vencimentos para cada placa:

Datas de vencimento do IPVA

  • Números 1 e 2: 17/02/2020, 16/03/2020 e 13/04/2020
  • Números 3 e 4: 18/02/2020, 17/03/2020 e 14/04/2020
  • Números 5 e 6: 19/02/2020, 18/03/2020 e 15/04/2020
  • Números 7 e 8: 20/02/2020, 19/03/2020 e 16/04/2020
  • Números 9 e 0: 21/02/2020, 20/03/2020 e 17/04/2020

Desconto pelo Nota Legal

Até 31 de janeiro, usuários cadastrados no programa Nota Legal podem indicar os créditos acumulados para descontos nas faturas do IPVA e também do IPTU.

A indicação dos créditos deve ser feita na área restrita do site do programa. Para abater os valores, o contribuinte precisa digitar o CPF e a senha cadastrada. Após a indicação, será gerado um novo boleto com os valores atualizados.

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler