Autoridade e repressão. Coronel expulsa mulheres que seriam homenageadas na corporação por usar “saias curtas”

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Duas sargentos seriam homenageadas em evento, mas foram obrigadas a deixar o auditório durante execução hino nacional

 6:31

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Bombeira do CBMDF
Reprodução

Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) apura o caso de duas sargentos expulsas de uma cerimônia por um coronel da corporação pelo fato de usarem “saias curtas” demais. As militares seriam homenageadas durante a formatura do Curso de Altos Estudos para Praças (Caep), ocorrido em 8 de abril deste ano, no Auditório Cel José Nilton Matos da Academia de Bombeiro Militar (ABMIL), no Setor Policial Sul.

A solenidade homenageava os alunos que haviam concluído o Caep, além dos instrutores.

De acordo com apuração da reportagem, as duas militares usaram o mesmo fardamento de eventos anteriores, com a saia no tamanho padrão estipulado pelo regulamento da corporação. As sargentos teriam sido abordadas por um capitão, que transmitiu as ordens proferidas pelo coronel Edwin Aldrin Franco de Oliveira, chefe do Departamento de Ensino, Pesquisa, Ciência e Tecnologia do CBMDF.

Você também pode querer ler