Alunos revoltados na UNB. Estágios não são liberados por departamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email
UnB e Banco do Brasil se unem para inclusão digital de alunos

Estudantes das engenharia civil e ambiental estão tendo negados pedidos de assinatura de contratos se a atividade não for remota

Adaptações: Alexandre Torres

Guará NewsUnB

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Estudantes dos cursos de engenharias civil e ambiental da Universidade de Brasília (UnB) foram pegos de surpresa com uma decisão do departamento que gerencia os cursos: suspender a assinatura de contratos de estágio não-obrigatórios que sejam presenciais. A medida, segundo a diretoria, visa a segurança dos alunos em meio à pandemia da Covid-19.

Segundo texto disponibilizado nas redes sociais, essa suspensão deve ser mantida “até que a Câmara dos Cursos de Graduação da Faculdade de Tecnologia (CCG-FT) ou instâncias colegiadas superiores deem orientações pertinentes quanto às implicações de realização de atividades presenciais no que tange à segurança do aluno e possíveis implicações jurídicas que possam recair sobre as partes que assinam estes documentos durante o período da pandemia da SARS-COV-2 (Covid-19)”.

Para tomar essa decisão, o departamento se baseou em uma resolução do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe), da universidade, que dá autonomia a cada área para avaliar se deve ou não expor os alunos. Contratos em vigência não são afetados.

Você também pode querer ler