5 praias paradisíacas para passar a virada (e quanto custa)

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on whatsapp
Share on email

Que tal se despedir de 2019 em um cenário paradisíaco? Conheça praias fora do eixo Rio-SP para passar a próxima virada

Unplash
UNPLASH
Últimos momentos do ano são especiais: neles, costumamos agradecer pelo que passou, fazer planos para o futuro e confraternizar com quem queremos ao lado no ano seguinte. Algumas correntes esotéricas sugerem que a vibe desse momento é importante a ponto de estender seus efeitos por todo o ano todo. Há forma melhor de começar o ano com o pé direito que não na areia, de frente pro mar?

A dois meses de 2020, organizar o Réveillon na praia pode sair caro. A sorte? Com 7,5 mil quilômetros de litoral, fora as praias de água doce, há um Brasil de oportunidades para (quase) todos os bolsos.

Na intenção de ajudar quem está na missão de descobri-las, Cinco praias paradisíacas fora do eixo Rio-SP e revela quanto custa passar a contagem regressiva em cada uma delas (os vôos têm saída de Brasília).

Alter do Chão, em Santarém (PA)

Considerado o caribe brasileiro, Alter do Chão tem lindas praias de água doce e um dos réveillons mais agitados da região Norte. A virada mais concorrida, a Vai Tapajós, tem três dias de festa e ingressos a partir de R$ 1.790 por noite. Esse ano, a festa do dia 31 contará com show de Gaby Amarantos, cardápio exclusivo do premiado chef Saulo Jennings e lineupcom funk, disco, boogie, afrobeat e carimbó.

Alter do Chão, em Santarém (PA)

Considerado o caribe brasileiro, Alter do Chão tem lindas praias de água doce e um dos réveillons mais agitados da região Norte. A virada mais concorrida, a Vai Tapajós, tem três dias de festa e ingressos a partir de R$ 1.790 por noite. Esse ano, a festa do dia 31 contará com show de Gaby Amarantos, cardápio exclusivo do premiado chef Saulo Jennings e lineupcom funk, disco, boogie, afrobeat e carimbó.

Há também o Réveillon Alter de Chão 2020, gratuito, na Praça 7 de Setembro, com shows.

Aéreo: a partir de R$ 1698, ida e volta

Hospedagem:
Camping: média R$ 100
Hotéis/pousadas: de R$ 450 a 1.500 a diária (preço para duas pessoas, em pacote de seis noites)

Há também o Réveillon Alter de Chão 2020, gratuito, na Praça 7 de Setembro, com shows.

Aéreo: a partir de R$ 1698, ida e volta

Hospedagem:
Camping: média R$ 100
Hotéis/pousadas: de R$ 450 a 1.500 a diária (preço para duas pessoas, em pacote de seis noites)

Baía do Sancho, Fernando de Noronha

Impossível fazer uma lista de praias paradisíacas do litoral brasileiro e não incluir pelo menos uma em Fernando de Noronha. Entre as várias opções no arquipélago, uma se destaca. Eleita várias vezes a praia mais bonita do mundo, a Baía do Sancho é ideal para quem quer tomar o último banho de mar de 2019 em grande estilo – com águas cristalinas, paisagens de tirar o fôlego e muitos encontros badalados.

Noronha tem fama e não é por acaso. Destino preferido dos famosos, a pequena ilha concentra festas cobiçadas e com a presença de globais. Parte delas ocorrem nas próprias pousadas, mas também há muito agito na rua.

A virada no Porto Santo Antônio, por exemplo, é gratuita, tem contagem regressiva, queima de fogos com aproximadamente oito minutos de duração e shows que vão até a madrugada. É organizada pela administração da ilha.

Aéreo:
A partir de R$ 2.573, ida e volta

Hospedagem:

Diárias em pousadas variam de R$ 630 a 5,9 mil (preço para duas pessoas, em pacote de seis noites). Não é permitido acampar em Fernando de Noronha.

Outras informações:
É cobrada taxa de preservação no valor de R$ 73,52 – por noite e por pessoa. Há limite para entrada de pessoas, por isso vale se programar e chegar com antecedência. Mais informações no site da administração da ilha.

Como chegar: há voos diretos de Brasília para Fernando de Noronha. A forma mais usual e segura de chegar à Baía do Sancho é pegar um bugue até o alto do morro onde há um Posto de Informação e Controle com área de descanso, cadeiras e guarda-sóis. Dali, uma trilha adaptada para pessoas com deficiência leva ao mirante da Baía dos Golfinhos. Para chegar até o Sancho é preciso descer por uma escada estreita e, depois, encarar uma sequência puxada de degraus.

Ilha do Mel, Paranaguá (PR)

A paradisíaca Ilha do Mel possui cerca de 2700 hectares e está localizada na Baia do Paranaguá, sendo um dos principais pontos turísticos do Paraná e um dos destinos preferidos dos amantes de surf. No ano-novo, pousadas e campings agitam a programação com várias opções de festa.

Aéreo: voos para Curitiba a partir de R$ 834, ida e volta

Hospedagem:
Camping: média R$ 80 a diária
Hotéis/pousadas: diárias variam de R$ 400 a R$ 2,9 mil (preço para duas pessoas, em pacote de seis noites)

Como chegar: é possível ir de carro ou ônibus a partir de Curitiba para as cidades de Paranaguá ou Pontal do Sul. Caso vá de carro, é necessário deixar o veículo estacionado no continente (em média R$ 20 a R$ 30 por dia) e pegar um barco para fazer a travessia.

De Pontal do Sul, as saídas acontecem de 30 em 30 minutos na temporada (8h às 20h) e de hora em hora na baixa estação (8h às 17h). A viagem dura cerca de meia hora e custa R$ 35, ida e volta.

Já a partir de Paranaguá, o número de saídas diárias varia de acordo com a época e o percurso é mais longo: duas horas para chegar à ilha. O valor médio é de R$ 53 ida e volta. Antes de ir, acesse o site da Abaline (empresa marítima responsável pelo percurso) para confirmar preços e os horários.

THAYNARA SOUZA/UNPLASHThaynara Souza/Unplash
Gruta das Encantadas, na Ilha do Mel (PR)
Itaúnas, Conceição da Barra (ES)

Gosta de música animada e simplicidade? Então esse é o seu tipo de virada. Itaúnas, distrito de Conceição da Barra, no Espírito Santo, é conhecida pelas dunas de areia, paisagens de tirar o fôlego e pelo tradicional forró pé-de-serra. A oferta de festas – simples, mas cheias de atrações – está concentrada principalmente em pousadas e hostels.

Durante o dia, vale visitar dezenas belíssimas praias cercadas por dunas de areia branquinha.

Aéreo: voos para Vitória a partir de R$ 396, ida e volta

Hospedagem
Camping: média de R$ 30
Hotéis/pousadas: entre R$ 300 e 890

Como chegar: o aeroporto mais próximo é o de Vitória, a 280km, de onde saem ônibus para Conceição da Barra. A tarifa para o ano novo, até a publicação, era de R$ 145, ida e volta. Também é possível viajar para São Mateus (a 240km) e de lá tomar um ônibus direto para Itaúnas por R$ 21.

REPRODUÇÃO/PINTERESTReprodução/Pinterest
Itaúnas, Conceição da Barra: dunas de areia e mar de águas límpidas
São Miguel dos Milagres (AL)

O ano novo em São Miguel dos Milagres já é um dos mais concorridos do Brasil. A vila de pescadores tem praias intocadas, tranquilidade de sobra, moradores hospitaleiros e cinco dias de festa para curtir o fim de ano. O valor do ingresso para participar do agito do dia 27 ao dia 31 é R$ 4,9 mil.

Aéreo: a partir de R$ 1.870, ida e volta de Brasília para Maceió; e a partir de R$ 1.714 para Recife

Hospedagem
Camping: média de R$ 120
Hotéis/pousadas: R$ 600 a 6,8 mil (preço para duas pessoas, em pacote de seis noites)

Como chegar: o aeroporto mais próximo é o de Maceió, a 100km. Considere, também, ir por Recife (205km), que oferece mais opções de horários e de voos diretos.

De qualquer uma das capitais, o mais indicado é alugar um carro para chegar até a pequena cidade alagoana, ou, então, contratar um serviço de transfer.

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Você também pode querer ler