O procurador-geral William Barr autoriza o DOJ a investigar irregularidades na votação

O procurador-geral William Barr, em um memorando emitido na segunda-feira, autorizou o Departamento de Justiça (DOJ) a examinar irregularidades na votação na eleição presidencial de 2020. O memorando foi endereçado e assinado por Barr para os procuradores dos EUA, os procuradores-gerais assistentes da divisão criminal do DOJ, da divisão de direitos civis, da divisão de Leia mais… »