Home / Cidades / Vamos colorir nossas cidades? Encontro de Grafite de Brasília seleciona 60 artistas para colorir Setor Comercial Sul
Últimas Notícias

Vamos colorir nossas cidades? Encontro de Grafite de Brasília seleciona 60 artistas para colorir Setor Comercial Sul

Encontro de Grafite de Brasília seleciona 60 artistas para colorir Setor Comercial Sul

Por Luiza Garonce, G1 DF

Setor Comercial Sul — Foto: Dênio Simões/Agência BrasíliaSetor Comercial Sul — Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Setor Comercial Sul — Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

A 3ª edição do Encontro de Grafite do Distrito Federal convoca profissionais da capital para colorir o Setor Comercial Sul (SCS) entre os dias 26 e 27 de outubro.

edital de chamamento público da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) foi lançado nesta sexta-feira (4) e vai selecionar 60 grafiteiros. As inscrições ficam abertas até 14 de outubro.

Para participar, é preciso ser morador do DF ou do Entorno e comprovar – por meio de portfólio ou currículo – o “desenvolvimento” de, pelo menos, uma intervenção artística em muro, parede, painel ou tapume.

Equipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: Ludimila Barbosa/GDF/DivulgaçãoEquipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: Ludimila Barbosa/GDF/Divulgação

Equipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: Ludimila Barbosa/GDF/Divulgação

Os artistas selecionados terão uma área de 10 m² para criar no Buraco do Rato e no beco da Quadra 6. Cada um dos contemplados vai receber R$ 1.500 de cachê – como ocorreu na edição do ano passado, quando 70 grafiteiros foram selecionados para pintar no Sol Nascente, em Ceilândia.

Na próxima quinta-feira (10), às 17h, a Secretaria de Cultura fará uma espécie de oficina para orientar os grafiteiros sobre o processo de inscrição e participação no evento. Quem já tiver aderido ao edital poderá revisar o projeto. O encontro será na Sala Pompeu, na sede da pasta, no anexo do Teatro Nacional.

SCS Tour leva turistas e brasilienses para visitar prédios históricos e obras de arte na região — Foto: Marília Marques/G1SCS Tour leva turistas e brasilienses para visitar prédios históricos e obras de arte na região — Foto: Marília Marques/G1

SCS Tour leva turistas e brasilienses para visitar prédios históricos e obras de arte na região — Foto: Marília Marques/G1

Para o coletivo No Setor, que desenvolve ações culturais e facilita a realização de eventos do segmento no SCS, a proposta do Encontro de Grafite corrobora com a percepção de que, mais que infraestrutura, é preciso reconfigurar a construção imagética que a população do DF tem sobre o setor.

“Passamos por vários governos que fizeram reformas estruturais, mas a imagem do SCS é tão negativa que, depois de dois ou três anos, está tudo abandonado de novo. Precisamos fazer a ‘revitalização’ da imagem do setor na cabeça das pessoas”, disse Caio Dutra, um dos integrantes do coletivo.

“O encontro traz artistas da cidade inteira para deixarem suas marcas nas paredes e, assim, além de estruturar a parte física, a ação acaba convidando as pessoas a enxergarem os potenciais desse espaço.”

Equipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: Ludimila Barbosa/GDF/DivulgaçãoEquipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: Ludimila Barbosa/GDF/Divulgação

Equipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: Ludimila Barbosa/GDF/Divulgação

Para o Comitê de Grafitti – que propôs a realização do projeto, ainda na gestão passada – além da revitalização dos espaços, o encontro permitirá a profissionalização de grafiteiros e de pessoas em situação de rua que vivem no SCS. Estas vão atuar como equipe de apoio durante todas as atividades do mês.

“Quem se profissionaliza no grafite pode criar, produzir e rentabilizar o trabalho que desenvolve com a arte de rua”, disse Thamiris Flora, membra do Comitê.

Equipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: GDF/DivulgaçãoEquipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: GDF/Divulgação

Equipe do coletivo No Setor, do Comitê Permanente de Grafite do DF e da Secretaria de Cultura visita SCS para elaborar plano de revitalização do local — Foto: GDF/Divulgação

“Não é só deixar o espaço bonito, mas criar um ambiente mais acolhedor, que estimule o turismo e gere oportunidades para as pessoas que vivem lá. Queremos promover oficinas e visamos projetos maiores, a pintura é só o começo.”

Ações de sensibilização e atividades paralelas

Durante todo o mês de outubro, atividades paralelas ao Encontro de Grafite ocorrerão no SCS. São elas:

  • 16 de outubro: a empresa de tecnologia Cabal Brasil, patrocinadora do evento, vai realizar um painel – em conjunto com o coletivo No Setor e com o Comitê Permanente do Grafitti do DF – sobre a importância da arte urbana na transformação da paisagem e da imagem construída sobre o Setor Comercial Sul.
  • 23 de outubro: o Espaço Cultural Renato Russo vai abrir uma ação chamada “Grafite-se”, na qual será abordada a história desta arte urbana, a origem desde o picho, o movimento do grafite no mundo e no Brasil, com a presença de artistas da capital.
  • 27 de outubro: o baile Forró de Vitrola fará um show a céu aberto no Buraco do Rato por volta das 16h.

Toda a programação será gratuita aberta ao público. Para encerrar oficialmente o ciclo de atividades do Encontro de Grafite, no dia 16 de novembro será realizada uma edição da festa “Afete-se” no Buraco do Rato. O evento pretende marcar a inauguração do espaço após a intervenção artística.

Grafites feitos em casa da Estrutural, no DF, durante o 1º Fest Povos – Encontro Nacional de Graffiti — Foto: Fest Povos/DivulgaçãoGrafites feitos em casa da Estrutural, no DF, durante o 1º Fest Povos – Encontro Nacional de Graffiti — Foto: Fest Povos/Divulgação

Grafites feitos em casa da Estrutural, no DF, durante o 1º Fest Povos – Encontro Nacional de Graffiti — Foto: Fest Povos/Divulgação

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*