Home / Cidades / Operação da PCDF. Jovem de 19 anos é preso suspeito de integrar facção criminosa que agia fora e dentro de presídios
Últimas Notícias

Operação da PCDF. Jovem de 19 anos é preso suspeito de integrar facção criminosa que agia fora e dentro de presídios

Por Catarina Costa, G1 PI

Adaptações: Alexandre Torres

Guará News

Um jovem de 19 anos foi preso,  em Canto do Buriti, Sul do Piauí, suspeito de integrar uma facção criminosa que atua em território nacional, dentro e fora dos presídios. A prisão ocorreu durante a Operação Anastasys, deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal.

Segundo o delegado Yan Brayner, da Delegacia de Canto do Buriti, a investigação apontou que Lucas Alves tinha participação na organização criminosa. Ele também é suspeito de um homicídio ocorrido em maio deste ano, a pedido da facção.

“Ele é investigado por envolvimento na morte de Leonardo Evangelista, que foi encontrado enterrado e com sinais de tortura. Lucas Alves já tem passagem por crime contra o patrimônio, quando era menor de idade. Agora foi preso em cumprimento ao mandado da Justiça do Distrito Federal e por tráfico de drogas. Na casa dele os policiais encontraram crack”, informou o delegado.

O suspeito foi encaminhado para a Penitenciária de São Raimundo Nonato.

Jovem é preso em Canto do Buriti (PI) suspeito de integrar facção criminosa — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí

Jovem é preso em Canto do Buriti (PI) suspeito de integrar facção criminosa — Foto: Divulgação/Polícia Civil do Piauí

As investigações da Divisão de Repressão a Facções Criminosas da Coordenação Especial de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (DIFAC/CECOR) começaram há cerca de seis meses e identificaram a existência de duas células do Primeiro Comando da Capital (PCC) no DF, denominadas “feminina” e “masculina”.

A operação teve apoio do Núcleo de Controle e Fiscalização do Sistema Prisional do Ministério Público (NUPRI/MPDFT) e das polícias do Distrito Federal, Goiás, Piauí e Ceará.

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*