Home / Cidades / Mais um motorista inconsequente invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro
Últimas Notícias

Mais um motorista inconsequente invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro

Por Marília Marques e Raphaella Sconetto, G1 DF

Adaptações: Alexandre Torres
Guará News
Motorista invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro

Motorista invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro

Na imagem é possível ver que a pedestre estava sobre a calçada, por volta das 19h30, na Avenida Hélio Prates. Por telefone, a dona de casa contou ao G1 que minutos antes havia descido do ônibus e caminhava até a casa de uma tia.

“Estava esperando para atravessar. O carro veio desgovernado ou motorista jogou o veículo em cima de mim, não sei… Do jeito que bateu, ele continuou, passou direto e foi embora.”

Motorista invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro — Foto: ReproduçãoMotorista invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro — Foto: Reprodução

Motorista invade calçada no DF, atropela mulher e foge sem prestar socorro — Foto: Reprodução

O caso é investigado pela 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia). Até a publicação desta reportagem, o motorista do carro não havia sido identificado pela polícia.

Atropelado por bicicleta

Neste sábado (22), em um outro acidente, um homem de 50 anos morreu após ser atropelado por uma bicicleta. O acidente aconteceu próximo à Praça do Relógio, em Taguatinga.

Homem de 50 anos morreu após ser atropelado por bicicleta, em Taguatinga, no DF — Foto: CBMDF/DivulgaçãoHomem de 50 anos morreu após ser atropelado por bicicleta, em Taguatinga, no DF — Foto: CBMDF/Divulgação

Homem de 50 anos morreu após ser atropelado por bicicleta, em Taguatinga, no DF — Foto: CBMDF/Divulgação

Segundo o Corpo de Bombeiros, a vítima também foi atropelada quando tentava atravessar a pista, no sentido Ceilândia. Durante a queda, o homem sofreu traumatismo craniano e, em seguida, uma parada cardiorrespiratória.

Os militares informaram que tentaram reanimar a vítima durante 35 minutos, mas ela não resistiu e morreu ainda no local.

Já o homem que estava na bicicleta não se feriu. O ciclista, de 37 anos, aguardou a chegada do socorro e, de acordo com testemunhas, estava “emocionalmente muito abalado”. O local ficou sob os cuidados da Polícia Militar.

Notícias Relacionadas

Deixe um Comentário

Seu endereço de email não será publicadoCampos obrigatórios estão marcados *

*